Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Estado de atenção

Expediente da Justiça do Rio é retomado

Depois de uma terça-feira caótica por conta da chuva torrencial que caiu no Rio de Janeiro, o expediente do Tribunal de Justiça fluminense voltou ao normal nesta quarta-feira (7/4). A determinação foi dada pelo presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Luiz Zveiter. Os prazos, contudo, ainda estão suspensos.

O principal motivo para a suspensão dos prazos está no alagamento do Fórum da Região Oceânica na Comarca de Niterói. Lá, o expediente ainda está suspenso. Já os demais fóruns do estado, o TRF-3, o TRE-RJ e o TRT voltaram a funcionar nesta quarta.

Na terça, o procurador-geral de Justiça do Rio, Cláudio Lopes, resolveu também suspender as atividades do MP. Promotores, procuradores e servidores foram liberados do comparecimento ao serviço. A atividade já foi restabelecida.

Os julgamentos do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB, marcados para terça, também foram adiados. O presidente da OAB-RJ, Wadih Damous, comunicou ao presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Cesar Asfor Rocha, que não poderia embarcar para Brasília onde teria audiência para tratar da informatização da Justiça no Rio por conta da chuva.

Segundo a assessoria de imprensa da OAB-RJ, Damous afirmou a Asfor Rocha que a chuva levou o Poder Judiciário a não abrir as portas nesta terça, com a imediata suspensão os prazos processuais. A audiência no STJ será remarcada para a próxima semana.

Revista Consultor Jurídico, 7 de abril de 2010, 14h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.