Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perseguição na ditadura

Comissão julga pedido de diretor de teatro

A Comissão de Anistia do Ministério da Justiça julga, nesta quarta-feira (7/4), o requerimento de anistia política do teatrólogo José Celso Martinez Corrêa, vítima da ditadura militar. A Comissão vai ser reunir no teatro Oficina, em São Paulo, onde haverá a apresentação de uma peça. O espaço completou, no ano passado, 51 anos em plena atividade artística e social.

Desde que foi criada, a Comissão reúne-se semanalmente para analisar a solicitação de pessoas que alegam ter sofrido perseguições políticas durante o período de repressão no Brasil. O diretor Zé Celso, como é conhecido, também é autor e ator de teatro. Ele comanda o Teatro Oficina há 43 anos e encenou espetáculos considerados antológicos, como Roda Viva; Galileu Galilei; Pequenos Burgueses; O Rei da Vela; e Na Selva das Cidades.

De acordo com o Ministério da Justiça, a 35ª Caravana da Anistia leva os julgamentos dos pedidos de anistia para os locais onde ocorreram os fatos. Para o presidente da Comissão, Paulo Abrão, é desta forma que se garante o resgate da dignidade do perseguido político. “Em muitos casos, o ex-perseguido político ainda era visto como um criminoso. Com a ativação da memória social e o trabalho da Comissão, há uma reconstrução moral ao se reconhecer a responsabilidade do Estado nas violações dos Direitos Humanos”, explica.

A Comissão de Anistia analisa e julga há 9 anos os requerimentos de anistia de pessoas que foram vítimas de perseguição exclusivamente política no período entre 18 de setembro de 1946 e 5 de outubro de 1988, conforme regulamentação da Lei 10.559/2002. Os conselheiros, membros da sociedade civil, nomeados pelo ministro de Estado da Justiça, julgam voluntariamente os mais de 66 mil processos protocolados na Comissão de Anistia. Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Justiça.

Serviço:
Sessão Especial de Apreciação do Requerimento de Anistia Política de José Celso Martinez Corrêa
Data: 7/4
Horário: 14h
Local: Teatro Oficina – Rua Jaceguay nº 520 – Bairro Bexiga – São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 7 de abril de 2010, 11h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.