Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Área de apoio

DPU abre inscrições concurso público

Já estão abertas as inscrições para concurso da Defensoria Pública da União, que disponibiliza 311 vagas de nível médio e superior em todo o país – 5% das vagas serão reservadas a deficientes. O salário inicial é de até R$ 2.299,42 para nível médio e de até R$ 3.532,95 para nível superior.

Para o nível superior, as vagas são distribuídas para analista técnico administrativo, arquivista, assistente social, bibliotecário, contador, economista, psicólogo, sociólogo, técnico em assuntos educacionais e técnico em comunicação social nas áreas de jornalismo, publicidade e propaganda e relações públicas. Para nível médio as vagas são de agente administrativo. Já para nível médio, são destinados os cargos de agente administrativo.

O exame é composto de etapa única no dia 30 de maio. A prova terá duração de quatro horas e será aplicado no período da manhã para os candidatos às vagas de nível superior e no turno da tarde para

os candidatos de nível médio. As provas ocorrerão nas 26 capitais estaduais e no Distrito Federal.

As inscrições devem ser feitas das 10h de 6 de abril às 23h59 de 25 de abril pelo site www.cespe.unb.br/concursos/dpu_administrativo2010. O valor da taxa é de R$ 50 para nível médio e de R$ 65 para nível superior. Estarão isentos do pagamento da taxa de os candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) membros de família de baixa renda (nos termos do Decreto nº 6.135, de 2007). A isenção deverá ser solicitada das 10h de 6 de abril às 23h59 de 25 de abril. Com informações da assessoria de imprensa da DPU.

Revista Consultor Jurídico, 4 de abril de 2010, 12h10

Comentários de leitores

5 comentários

analucia (Bacharel - Família)/ daniel administrativa

Jorge Cesar (Advogado Autônomo - Internet e Tecnologia)

Pelo menos o Daniel usa pseudônimo de homem.

Ana Lucia e suas anedotas ...

Defensor Federal (Defensor Público Federal)

O Min. do Planejamento faz tudo q os "arrogantes" da DPU querem ????
kkkkkkkkkkkkk
Daqui a pouco ela vai dizer que o presidente da república, na verdade, de fato, é o Defensor Geral Federal.
kkkkkkkkkkkkkkkk
Me divirto com essa incauta.

a face oculta da Defensoria 2

analucia (Bacharel - Família)

a face oculta da Defensoria
A Defensoria usa um falso discurso de redução das desigualdades sociais, mas na verdade não pratica isso.
Pois os salários dos Defensores da União são de R$ 15.000,00 mensais enquanto os dos "auxiliares" com curso superior é em torno de R$ 3.000,00. Isso transforma os defensores em uma classe de curso superior com superioridade aos demais cursos superiores, os quais nem podem participar da gestão e ocupar cargos diretivos.
Ou seja, pura demagogia da Defensoria que usa os pobres para ter monopólio e nem comprova a carência dos seus clientes. Na verdade, deveria atender apenas quem está cadastrado em programas sociais, isto é o mesmo critério que usa para conceder a gratuidade em concursos.
O Mínistério do Planejamento apenas faz o que os arrogantes da DPU querem, inclusive na área estadual também existe esta diferença entre Defensores e demais profissionais com curso superior.
Defensores querem controlar pobres para manter sua arrogância e autoritarismo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 12/04/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.