Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Volta ao trabalho

Correios de Brasília decretam fim da greve

Os funcionários dos Correios de Brasília (DF) aceitaram a prosposta de acordo coletivo bianual feita pela empresa e retornam ao trabalho neste sábado (26/9). Estima-se que sejam necessários 10 dias para colocar em dia a entrega da carga postal atrasada do Distrito Federal. Até o momento, 15 sindicatos, de um total de 35, aceitaram a proposta dos Correios de reajuste de 9% a partir de agosto de 2009 e R$ 100,00 a partir de janeiro de 2010. Para a assinatura do acordo, é preciso que 18 sindicatos aceitem a proposta.

Os sindicatos que já aceitaram a proposta da empresa são: Mato Grosso do Sul, Maranhão, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Norte, Juiz de Fora (MG), Santa Maria (RS), São Paulo, Bauru, Ribeirão Preto e Santos (SP), Rondônia, Pará, Acre e Brasília (DF). O sindicato de Uberaba (MG) não aderiu ao movimento e em Roraima há apenas sete empregados em greve. Os sindicatos de Tocantins, Santa Catarina e Alagoas não aceitaram a proposta dos Correios, mas os empregados, em assembléia hoje, decidiram retornar ao trabalho. Por enquanto, 16 sindicatos mantêm a greve, entretanto a expectativa da empresa é de que outras regiões aceitem a proposta nas assembléias que estão sendo feitas nesta tarde.

De acordo com balanço feito antes do meio-dia desta sexta-feira (25/9), o índice de adesão ao movimento havia caído de 10% na quinta-feira (24/9) para 4%, numa demonstração do esvaziamento da greve. Estão atrasadas 341,6 mil encomendas e 59,5 milhões de correspondências. Com informações da Assessoria de Imprensa dos Correios.

Revista Consultor Jurídico, 25 de setembro de 2009, 18h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/10/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.