Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Prova de segurança

TSE desafia hackers a testar urna eletrônica

O Tribunal Superior Eleitoral está desafiando hackers e cidadãos a encontrar falhas na segurança das urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de 2010. Para tanto, começou a promover a partir desta sexta-feira (11/9) testes públicos abertos a todos os interessados em investigar se, de fato, é possível fraudar as eleições por meio dessas urnas, inclusive premiando as contribuições mais relevantes.A informação é da Agência Brasil.

“O Poder Judiciário abrirá os sistemas para cidadãos e hackers testarem se as urnas são ou não suscetíveis a fraudes”, disse o ministro Ricardo Lewandowski, do TSE. “Qualquer cidadão poderá participar”, completou. O processo será acompanhado pelo Ministério Público Federal, pela Ordem dos Advogados do Brasil, pela Polícia Federal e pelo Tribunal de Contas da União.

Lewandowski afirmou que está “absolutamente seguro de que não há qualquer possibilidade de fraudes ou violação das urnas”, e que isso será mais uma vez comprovado pelos testes abertos. “Temos certeza de que não haverá brecha, e se houver, será algum aspecto absolutamente periférico, que será resolvido sem abalar a confiança que o brasileiro tem na urna”, acrescentou. Segundo Lewandowski, uma pesquisa encomendada pelo TSE revelou que 97,7% dos eleitores manifestaram confiança nos aparelhos.

A finalidade dos testes é saber se há algum ponto vulnerável nos equipamentos. De acordo com o ministro, os testes serão públicos e os resultados serão gravados e incorporados à metodologia para corrigir eventuais falhas a tempo.
As contribuições mais relevantes serão premiadas. “Todos que se dispuserem a dar sua contribuição e participar desses testes receberão certificados. As três contribuições consideradas mais relevantes serão premiadas com R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil”, informou o secretário de Tecnologia da Informação do TSE, Giuseppe Dutra Janing.

Para participar dos testes, os interessados deverão se inscrever pessoalmente ou por correspondência registrada, apresentando um plano com uma descrição dos procedimentos que desejam fazer no período entre 11 de setembro e 13 de outubro, das 8h às 19h, no setor de protocolo do TSE. O formulário de inscrição e de apresentação do plano já estão disponíveis no site do TSE e a divulgação dos selecionados para os testes será em 26 de outubro. Segundo o secretário do TSE, os testes públicos estão marcados para ocorrer entre os dias 10 e 13 de novembro. A divulgação dos resultados será no dia 20 de novembro.

Revista Consultor Jurídico, 12 de setembro de 2009, 6h14

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.