Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Linha sucessória

Cadeira de ministro foi ocupada por mais cinco

linha sucessória do ministro Menezes Direito no Supremo - Jeferson Heroico

A cadeira ocupada pelo ministro Menezes Direito, no Supremo Tribunal Federal, foi criada pelo Ato Institucional 2, em 27 de outubro de 1965. Antes de Direito, que morreu na madrugada desta terça-feira (1º/9), cinco ministros ocuparam a vaga.

José Eduardo do Prado Kelly foi o primeiro a ocupar a cadeira. Tomou posse em 25 de novembro de 1965 e ficou até 1968. Esta foi a primeira vez na história da Suprema Corte em que o filho chegou ao mesmo tribunal que o pai. Octavio Kelly foi ministro da corte de 1934 a 1942.

O segundo ministro a ocupar a cadeira que mais tarde seria de Menezes Direito foi Carlos Thompson Flores, que tomou posse em 1968 e exerceu o cargo até a sua aposentadoria em 1981. O terceiro indicado à cadeira foi o ministro Clovis Ramalhete Maia, que permaneceu apenas um ano no cargo em virtude da aposentadoria compulsória. Em 1982, o ministro Oscar Corrêa assumiu a vaga. Ele também permaneceu no cargo até a aposentadoria compulsória, em 1989.

Sétimo ministro indicado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Menezes Direito substituiu o ministro Sepúlveda Pertence, quinto a ocupar a vaga. Pertence se aposentou em 2007, ano da posse de Menezes Direito. Com informações da Assessoria de Imprensa do Supremo Tribunal Federal.

 

Revista Consultor Jurídico, 1 de setembro de 2009, 14h40

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.