Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Suspeita de espionagem

PF abre novo inquérito para investigar Protógenes

A Polícia Federal abriu novo inquérito para investigar o delegado Protógenes Queiroz por espionagem. O delegado comandou a primeira fase da Operação Satiagraha, que investiga o banqueiro Daniel Dantas, do Opportunity, acusado de ter cometido crimes financeiros. A informação é da Folha Online.

Protógenes, que está afastado da corporação, é réu em ação criminal por violação de sigilo funcional e fraude processual na Satiagraha. A abertura do inquérito foi determinada pelo juiz da 7ª Vara Federal de São Paulo, Ali Mazloum, na mesma sentença na qual ele aceitou a denúncia do Ministério Público Federal contra o delegado por violação de sigilo funcional e fraude processual.

No novo inquérito, a PF vai investigar se Protógenes espionou autoridades dos três Poderes. O assunto foi publicado na revista Veja. De acordo com a reportagem, os alvos da espionagem de Protógenes eram os ministros Dilma Rousseff (Casa Civil), Mangabeira Unger (Assuntos Estratégicos), o ex-ministro José Dirceu, o governador José Serra (São Paulo), o presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e o empresário Fábio Luiz da Silva, entre outras personalidades.

Em seu despacho, Mazloum diz que foram apreendidos com a equipe de Protógenes "fragmentos indicativos de monitoramento, produção de relatório de vigilância, gravação de áudio e vídeo relacionados com advogados dos investigados na operação, jornalistas e autoridades".

“E, a gravidade disso está na ausência referencial a justificar tais monitoramentos, total falta de norte da origem, a natureza espúria do material encontrado em poder de agentes públicos. Qual a finalidade? A quem e a que serviria o material. Por isso rigorosa apuração deverá haverá de ser encetada", diz ele.

O Ministério Público Federal pediu que a PF esclarecesse a existência de provas sobre o assunto. De acordo com a Folha, a PF informou que não poderia se manifestar sobre o caso. Mas confirmou que recebeu uma determinação de Mazloum envolvendo Protógenes.

Mazloum também determinou à Polícia Federal abertura de inquérito para investigar a troca de telefonemas entre Protógenes e a Nexxy Capital Brasil Ltda, empresa que pertence a Luiz Roberto Demarco. O empresário é adversário de Dantas.

Em seu despacho, Mazloum diz que Demarco é endas judiciais de natureza comercial, como é público e notório", com Dantas.nvolvido "em diversas dema

"Esse inusitado fato [ligações entre Protógenes e a Nexxy Capital] deverá ser exaustivamente investigado, com rigor e celeridade, para apurar eventual relação de ligações com a investigação policial em questão [Satiagraha], uma vez que é inadmissível e impensável que grupos econômicos, de um lado ou de outro, possam permear atividades do Estado", afirma o juiz.

Revista Consultor Jurídico, 29 de maio de 2009, 17h41

Comentários de leitores

6 comentários

Gravações ilegais o "x" da questão

Gilberto Serodio Silva (Bacharel - Civil)

1) A tal CPI das escutas ilegais ou "grampos" como ficou conhecida não concluiu nada quanto ao que a PF vai investigar sequer se o "banqueiro" condenado Daniel Dantas gravou todas as conversas que teve entre 1998 e 2002 servindo-se de Arapongas aposentados (tá cheio por aí) e dos 'especialistas' da Kroll.
2) Como a PF vai fazer para selecionar o que é gravação da investigação e o que é investigação das escutas ilegais promovidas pelo Daniel Dantas quando do litígio pelo controle da Brasiltelecom,com tentativa de suborno da Exma Juiza de Direito do TJ-RJ, Márcia Cunha Silva Araújo de Carvalho, com o Opportuntiy já condendando a indeniza-la em 400 mil Reais, uma ninharia. Ele DVD já está condenado pela 1ª instância Federal Criminal (a que ele tanto teme) não devendo cumprir pena por prescrição/decadência da sentença condenatória.
3) Quem procura ou investiga pode encontrar indícios ou até mesmo evidências, materialidade de crimes. Já imaginou se indiciam op Delegado Protógenes por escutas ilegais feota pelo Delinquente Daniel Dantas,e na defesa do seu direito divulgam o resultado? Sem sombra de dúvidas se pudessem sucidavam o delegado, no melhor estilo ACM cujo primeiro genro se suicidou com 25 tiros a queima roupa. Indivíduo competente.
4) Eu e o povo Brasileiro extra Bolsas estamos curiosos e ficaríamos deleitados de saber o que Lulinha, Gilmarzinho, Dilminha, andaram falando sobre o quem com quem, expondo na extensão toda a vulnerabilidade do sistema de comunicações da presidência, afinal, o orçamento fica apertado tendo que pagar tanta mordomia, cartões de crédito e muito, muito jabacule....sobra nada para investir nem mesmo na própria integridade das tramóias.

está proibido

dinarte bonetti (Bacharel - Tributária)

se voce quiser pesquisar a vida de um bandido, fica proibido de tentar levantar dados com seus desafetos. É o mesmo que não poder pedir dados e opinioes para a ex mulher do marido bandido.
Oras, caro Juiz Mazloum, o que aconteceu com voce, pessoa que conhecí pessoalmente e de quem sempre tive respeito? Emburreceu?
Em minhas anotações pessoais, sempre anotei a qualidade de seu trabalho como juiz.
E estou pasmo com a mudança.

e segue a fritura!

hammer eduardo (Consultor)

Ja sem constar nas primeiras paginas dos Jornais , prossegue a pleno vapor o processo de fritura e eliminação politica do Delegado "Protó" para os intimos, o objetivo é eliminar qualquer vestigio de credibilidade e se possivel elimina-lo tambem fisicamente se a oportunidade aparecer (lembremos do caso Celso Daniel - o mais espetacular esqueleto no armario da petralhada!) , afinal o "homi" mexeu onde não devia e com quem não devia tambem, Acredito que apesar de inabil , o indigitado delegado certamente não é BURRO e com certeza tudo que Ele sabe ja deve estar com copias devidamente colocadas nas mãos de pessoas de confiança, preferencialmente fora do Pais. Apesar do "estado paralelo" ter uma grande vontade de se livrar fisicamente de pessoas como Ele , a cautela é necessaria pois certamente se o Delegado abrisse o bico em menos de 10% do que sabe , literalmente caia a Republica como se dizia antigamente.O Brasileiro medio simplesmente se cansou de ficar enojado com o verdadeiro vulcão de imundicies ligadas a maquina publica que a Imprensa publica diariamente.
Dizem as más linguas que se decidir lançar-se na vida publica , certamente seu slogan seria algo assim: " - Protogenes , o candidato que te escuta...." ( literalmente!).
Deixemos claro que a piadinha acima é de pessimo gosto porem bem conveniente para mostrar que o Brasileiro transforma ate velorio em bagunça tamanha a sua historica falta de comprometimento com a seriedade , se não fosse assim , não seriamos des-governados pela atual "cleptocracia" em que o barbudo é eternamente inocente mas cercado de uma corja de vagabundos de meter medo. Pobre Brasil sem esperanças.......

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/06/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.