Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto jurídico

D´Urso lamenta morte do ator Renato Consorte

O presidente da OAB de São Paulo, Luiz Flávio Borges D´Urso, lamentou a morte do ator Renato Consorte. Ele morreu nessa segunda-feira (26/1), em São Paulo, aos 84 anos, vítima de câncer. O velório está acontecendo na Beneficência Portuguesa e o enterro será às 14h desta terça-feira (27/1) no Cemitério Congonhas.

“Renato Consorte estudou Direito na Faculdade de Direito da USP, Turma de 1956. Embora não tenha se formado, nunca perdeu o contato com a comunidade jurídica. Dessa Turma também fizeram parte meu pai, Umberto D´Urso, e outras figuras ilustres da advocacia e da vida pública nacional como Rubens Approbato Machado, Pedro Piva, Luiz Carlos Santos, Mario Chamie, entre outros. Renato deixa saudades por ter sido um artista inquieto, pelo seu comprometido com os valores democráticos e por deixado uma valiosa contribuição no âmbito do teatro, do cinema e da televisão ”, afirmou D´Urso.

A paixão de Renato Consorte pelas artes começou dentro da própria Faculdade de Direito, quando integrou a “Caravana Artística XI de Agosto”, do Centro Acadêmico da Faculdade, tendo viajado pelo interior do estado como ator e cantor. Tinha uma forte veia humorística que acabou levando-o para o Teatro Brasileiro de Comédia e para a companhia de cinema Vera Cruz. Foi jubilado do Curso de Direito no quarto ano. Fez 40 filmes, inúmeras peças e novelas.

Revista Consultor Jurídico, 27 de janeiro de 2009, 11h25

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/02/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.