Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Linha Amarela

Mesmo condenado, comerciante mantém campanha

O comerciante Luiz Pereira Carlos, mesmo com as derrotas judiciais, não desiste de sua campanha individual contra o pedágio da Linha Amarela. No último sábado (24/1), ele espalhou para os e-mails de sua lista a mensagem pedágio urbano é crime de extorsão. Nele, Carlos, cujo e-mail é pterpan@bol.com.br, anexa “documentos originais” sobre a licitação do pedágio. “É algo absurdamente inexplicavel [sic]”, afirma.

“Bem, quem originalmente ganhou a concessão foi a OAS Ltda, que passou pra LAMSA, que ambas nunca tiveram alvara [sic] lhes dando o direito de cobrar pedágio apenas o direito de aministrar. Remunerados pelo município e não por cobrança de pedágio”, diz Carlos.

Em novembro passado, o juiz Mário Cunha Olinto Filho, da 2ª Vara Cível do Foro da Barra da Tijuca, condenou liminarmente o comerciante ao pagamento de R$ 6 mil para a Lamsa, empresa que administra a Linha Amarela, que liga em 15 quilômetros a Barra da Tijuca à Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro.

A empresa reclamou de sua campanha feita na internet por e-mails e de comentários em sites de notícia. Ele também tinha um site no portal Globo.com para divulgar informações contra a empresa.

Além da indenização, ele foi obrigado a retirar os comentários do ar e pedir desculpa. O destemido então redigiu nota se retratando de seu comportamento. A ConJur a publicou — Clique aqui.

Na nota, depois de explicar porque fez as críticas, o comerciante afirmou que “reconhece ter agido de maneira leviana imputando ao prefeito Cesar Maia, à OAS, ao Pedágio Lamsa, ao nobre e competente Poder Judiciário, ao MP-RJ, à Alerj, aos TCs e a tantos outros quanto, aqui injustiçados publicamente, cumpridores e ilibados servidores públicos, atentos e leais à Constituição cidadã, respeitosos aos direitos inalienáveis do contribuinte previstos nas clausulas pétreas, pessoas essas ofendidas pela ira injustificável deste cidadão, ora merecidamente réu, que aqui faz mea culpa e retrata-se publicamente através deste instrumento”.

Revista Consultor Jurídico, 26 de janeiro de 2009, 16h48

Comentários de leitores

3 comentários

DIREITO DE RESPOSTA NEGADO !

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

DIREITO DE RESPOSTA.
Ja que o CONJUR se negou a me dar o espaço para colocar as fotos e a integra do e-mail, em destaque, o meu amigo Zorba D'greco o fez no endereço abaixo:
FOTOS & IMAGENS DA VERDADE:
http://prod.midiaindependente.org/en/blue/2009/01/439311.shtml
CONHECENDO DA SENTENÇA.
**********************************************************************
Processo nº: 2005.209.008929-4 - Certifico-me desta lastimável e tendenciosa sentença exarada por quem desentranham dos autos as provas do réu e nega a este o sagrado direito de ser assistido pela Defensoria Publica por ser considerado pessoa abastada. No entanto defere o pedido, sem audiência preliminar, e reconhecendo a frágil condição econômica do réu imputa a pena, sequer mandando analisar a veracidade das provas juntadas pelo Autor contra o réu, num flagrante ato de inverídica reciprocidade.
Se houve lesão a honra, esta houve em detrimento do réu e nunca do Autor. Se o Juiz é um distraído e incompetente ou se faz de mocó, maculando a imagem do Poder Judiciário, o contribuinte jamais poderia carrear com essa bestial sentença, mesmo porque somos nós os pagantes, os patrões e os furtados.
**********************************************************************

INTEGRA DO E-MAIL DOCUMENTOS PODERÃO SER VISTOS ORKUT.

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

PEDAGIO URBANO É CRIME, É CRIME DE EXTORSÃO.
LER & DIVULGAR....
Cobrar Pedágio em Ruas e Avenidas, mediante ameaça de multa e perda de pontos na CNH, caracteriza-se Crime de Extorsão, Improbidade Administrativa, Estelionato... iniciativa do ex-Prefeito César Maia-DEM. Ruas apelidadas de Auto-Estrada e Expressas, tipo Linha Amarela, Via Light, Linha Vermelha, Auto-Estrada Lagoa-Barra, seriam PEDAGIADAS. Conseguimos reverter 99% do projeto denunciando na Internet motivado na omissão do MPRJ, ALERJ, OAB/RJ, TJRJ.
*
Cariocas pagam 5 vezes ao transitar na AVENIDA: Valor do Pedágio/LAMSA, valor da CIDE/Combustíveis, valor do ICMS, valor do IPVA, valor do IPTU.
*
Rio de Janeiro é a ÚNICA cidade do País a cobrar pedágio em AVENIDA (Linha Amarela), sendo que dos 400 mil usuários/dia apenas 20% pagam o pedágio.
*
Pedágio MUNICIPAL em lugar de Contribuição de Melhoria CTN art. 81, DL. No.195 24.02.1967 art. 12., o ato é de Improbidade por apropriação indevida de bens públicos...

FALTOU O PRINCIPAL, A COPIA DOS DOCUMENTOS...

Luiz P. Carlos (((ô''ô))) (Comerciante)

Fico muito satisfeito em ver a matéia publicada no CONJUR, no entanto, palavras são palavras, e-mail podem ser falsos e ou instrumentos de Hackr's, na integra ou com algumas modificações.
Já que me fiseram esse enorme favor, essa enorme contribuição para minha luta, venho por meio desta, EXIGIR POR DIREITO a integra do e-mail, sob pena; postando no mesmo espaço as fotos dos trez documentos postados, ou seja o ALVARA LAMSA, a CPOIA DO CONTRATO DE LICITAÇÃO 1 e 2.
Considero que a matéria incompleta se torna uma armação, uma violencia contra mim, deixnado-me indefeso e como mentiroso, conforme afirmou o JUIZ em sua sentença que eu não justifiquei e não juntei os documento necessarios.
Mui respeitosamente solicitamos o repara deste equivoco, que sem sombra de dúvidas, não foi intencional.
Beijos...

Comentários encerrados em 03/02/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.