Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Licença e aposentadoria

Ministro Rider de Brito deixa o TST em março

Por 

ministro TST Rider Nogueira de Brito - Roosewelt Pinheiro/Agência Brasil

O ministro Rider de Brito (foto), que acaba de deixar a presidência do Tribunal Superior do Trabalho, deixa a corte em março. Ele vai usar a licença-prêmio acumulada que tem até o dia 8 de julho, quando completa 70 anos. Foram quase 14 anos no TST. Em seu lugar na presidência, assumiu o ministro Milton de Moura França. O juiz Douglas Alencar Rodrigues, de Brasília, deve reforçar a corte trabalhista como convocado até ser nomeado um novo ministro.

Em 2008, a produtividade do TST cresceu 45%. Rider de Brito atribui o bom desempenho ao aumento no número de ministros na corte, a mudanças administrativas e informatização do tribunal. Em 2007, a corte recebeu 165.466 processos e julgou 153.592. No ano passado, deram entrada no tribunal 182.989 processos, 11% a mais que em 2007. Os ministros julgaram 222.134 processos, número que representa 45% a mais que em 2007.

Durante os seus dois anos à frente da administração do TST, Rider de Brito conseguiu completar a composição da corte, que agora tem 27 ministros, como previu a Emenda Constitucional 45, a Reforma do Judiciário. Os novos integrantes receberam o acervo de processos anteriormente distribuídos aos juízes de Tribunais Regionais que atuavam no TST desde 1997 e que voltaram aos seus postos a partir do segundo semestre de 2007.

Com a ampliação da composição, a presidência criou o Órgão Especial, composto por 14 membros — os sete ministros mais antigos e sete eleitos pelo Pleno. Para formar essa segunda parte de membros eleitos, o tribunal valorizou a experiência de seus integrantes e a escolha se deu pela ordem de antiguidade. Também foram criadas e instaladas a 7ª e a 8ª Turmas.

O ministro

Rider de Britto nasceu em Óbidos, no Pará. É casado e tem quatro filhos. A posse no Tribunal Superior do Trabalho aconteceu em dezembro de 1995, por indicação do então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso.

Em 1966, ele se formou em Direito na Universidade Federal do Pará e já trabalhava como técnico judiciário do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região (Pará e Amapá). Dois anos depois, foi aprovado no concurso para juiz do trabalho. Durante 10 anos, atuou no TRT-8, de 1985 a 1995, até tornar-se ministro.

Foto: Assessoria de Comunicação Social do TST

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 25 de fevereiro de 2009, 14h41

Comentários de leitores

2 comentários

GRANDE MESTRE, UM EXEMPLO DE HOMEM PUBLICO

MARCOS EIRÓ (Advogado Sócio de Escritório)

Tive a honra de ser aluno do Ministro RIDER NOGUEIRA DE BRITO antes de ele ser Ministro, quando ainda era Desembargador Federal do Trabalho. Foi um exemplo de professor, pois alem de nao faltar as aulas, ele ensinaca tudo que podia, inclusive a pratica processual.
Por ele ser sempre essa pessoal exemplar, nossa turna aqui na antiga Unespa, hoje UNAMA UNIVERSIDADE DA AMAZONIA, resolveu escollher, a UNANIMIDADE, seu nome para titularizar nossa Turma, a qual se chama TURMA RIDER NOGUEIRA DE BRITO.
No vindouro dia 02.03.2009, estaremos completando 19 anos de formados e todos nos temos ORGULHO do nome de nosa Turma.
Meu Estimado Amigo, Ministro RIDER BRITO, tenho a plena certeza de que fechou sua Gestao com CHAVE DE OURO, deixando um legado de sapiencia e honestidade nao somente agora

GRANDE MESTRE, UM EXEMPLO DE HOMEM PUBLICO

MARCOS EIRÓ (Advogado Sócio de Escritório)

Tive a honra de ter sdo aluno do Professor Rider Nogueira de Brito, pois ele sempre foi um exemplo de Professor e de Homem Público. Nao faltava nenhuma aula, ensinava tudo que podia e, assim posso dizer que ele passava sua experiencia profissional aos seus alunos, aqui na UNEPA, hoje UNAMA - UNIVERSDADE DA AMAZONIA.
De tao bom que ele era, que por unanimidade resolvemos escolher o nome de nossa Turma como RIDER NOGUEIRA DE BRITO, que no vindouo dia 02.03.2009 completaremos 19 anos de formados.
Nos todos sabiamos que o Ministro Rider Nogueira de Brito ia ser um exemplo de Ministro e fazer uma excelente Gestao a frnte do Tribunal Superior do Trabalho. Gracas a Deus ele sai da Presidencia com CHAVE DE OURO, deixando um legaod, destafeita nao agora aos seus alunos, mas a todos o brsileiros. Pena que ele estara perto de completar 70 anos, porque continua muito jovem e muito mais experiente. Mas, Meu Dileto Ministro Rider Brito, a ADVOCACIA BRASILEIRA estara de PORTAS ABERTAS para o estimadissimo amigo.
Que Deus e Nossa Senhora de Nazare esteja sempre lh abencoando cada vez mais.
Um grande abraco, do MARCOS EIRO, seu eterno ALUNO daqui do PARA.

Comentários encerrados em 05/03/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.