Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Postos de trabalho

Embraer é notificada para justificar demissões

A diretoria da Embraer foi notificada pela Procuradoria do Trabalho do município de São José dos Campos (interior de São Paulo) para comparecer em audiência de mediação no dia 2 de março. A diretoria terá de apresentar, em reunião com representantes do Ministério Público do Trabalho e do sindicato dos metalúrgicos, responsável pela denúncia, documentos que comprovem a necessidade de mais de 4 mil demissões.

De acordo com o procurador do Trabalho Renato Silva Baptista, o objetivo é preservar os trabalhadores em seus respectivos postos de trabalho e evitar um prejuízo social às famílias dos demitidos. O representante do MPT avaliará os motivos das demissões.

Caso a Embraer não apresente justificativas, o MPT poderá entrar com uma Ação Civil Pública pedindo a reintegração de todos os trabalhadores dispensados pela empresa. A reunião acontecerá na sede do MPT em São José dos Campos.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Procuradoria Regional do Trabalho da 15ª Região.

Revista Consultor Jurídico, 21 de fevereiro de 2009, 11h10

Comentários de leitores

1 comentário

BRASIL, INQUEBRÁVEL, "IMEXÍVEL" E INEXPLICÁVEL

Mig77 (Publicitário)

Não sei como este país ainda anda.Ter que explicar para 1/2 dúzia de picaretas do MPT a necessidade de demissão,explicar justamente para aqueles que recebem do governo, fazendo pouco ou quase nada que justifique seus altos salários(alguns ganham mais que juiz).A Embraer precisa convocar esses abutres para ajuda-la no seu fluxo de caixa, arranjarem solução quando as coisas pioram.Com as demissões, seguramente irão aumentar o "modesto" número de reclamações trabalhistas isto é 3,5 milhões por ano que este país produz por ano.E o Brasil não quebra!!O dinheiro que faz este país andar, principalmente nas marés ruins, é o dinheiro do próprio governo e da corrupção de dentro dele.Nos EUA, forma demitidos em Novembro 500 mil e nenhuma reclamação trabalhista.Lula "pepinaço" não é o Obama que tem,somos nós povo frouxo, cordeiro.
A Embraer deveria fechar sua fábrica no Brasil e abrir onde existe respeito para quem produz de verdade.Assim como tantas outras empresas.

Comentários encerrados em 01/03/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.