Consultor Jurídico

Colunas

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

Fusões e aquisições no mundo caíram 25% em 2008

Por 

O volume mundial de fusões e aquisições anunciadas até setembro de 2008 alcançou US$ 2,5 trilhões. O valor representa uma queda de 25% em relação aos nove primeiros meses do ano anterior. De acordo com o levantamento feito pela Thomson Reuters, a Europa foi o continente que mais fez transações. Apesar de ter reduzido em 29% o volume anunciado, fechou US$ 905,8 bilhões em negócios. Em segundo lugar aparece o continente americano, com US$ 817,1 bilhões de transações finalizadas em 2008.

A categoria Ásia-Pacífico — que não inclui o Japão — movimentou US$ 192 bilhões. O Japão fechou setembro com US$ 68 bilhões. Embora tenha registrado redução de 35% nas operações, ficou na frente do continente africano somado ao Oriente Médio (US$ 44,4 bilhões).

América Latina

Escritórios brasileiros ocupam as duas primeiras posições no volume de fusões e aquisições anunciadas e finalizadas na América Latina durante os primeiros nove meses do ano passado. No ranking de anunciadas, o primeiro lugar ficou para o Mattos Filho Veiga Filho Marrey Jr., com um volume de quase US$ 33 bilhões. Barbosa Mussnich & Aragão vem em seguida, com US$ 27 bilhões.

No ranking latino-americano de transações fechadas em 2008, o Mattos Filho também é o vencedor, com um volume de US$ 19,3 bilhões. Machado Meyer Sendacz & Opice ficou em segundo lugar, com US$ 16,7 bilhões.

Plano de carreira

O Noronha Advogados conta agora com dois novos sócios: Gustavo de Jacobina Rabello, responsável pela sucursal de Xangai na China, e Luis Guilherme Barbosa Gonçalves, diretor da filial em Brasília. O escritório não tem o costume de buscar no mercado profissionais para assumirem posto de sócios, de acordo com Lílian Thomé, sócia administrativa. Só recebe convite para se tornarem sócios os advogados que ocuparam cargo de diretor de departamento ou sucursal, onde deve permanecer no mínimo dois anos e no máximo cinco anos. Durante esse período, segundo Lílian, há avaliação da capacidade técnica e a observação de características como liderança e potencial de gerenciamento.

Qualificação dos profissionais

A advogada Helena Lobo da Costa agora também é professora. A turma do segundo ano da Faculdade de Direito do Largo São Francisco terá aulas de Direito Penal com a sócia do escritório Reale e Moreira Porto. Helena foi aprovada em primeiro lugar no concurso. Os outros sócios, Eduardo Reale e Miguel Reale Júnior, também são professores da faculdade.

Propriedade intelectual

A editora norte-americana West acaba de lançar o livro Copyright Throughout the World sobre práticas de proteção e exercício de direitos autorais. Rodrigo Azevedo, coordenador da área de Propriedade Intelectual e Tecnologia da Informação, do escritório Silveiro Advogados, foi o advogado escolhido para tratar da legislação e jurisprudência brasileiras a respeito do tema.

Lançada esta semana nos Estados Unidos, a obra traz as peculiaridades dos sistemas legais de 15 países. O livro, coordenado pela professora Silke von Lewinski — do Instituto Max-Planck, da Alemanha, custa US$ 480 e pode ser comprado no site da editora.

Pelas sociedades

*** Depois de seis anos como consultor-geral jurídico e secretário do Conselho de Administração da mineradora Vale, Pedro Aguiar de Freitas decidiu voltar para o Veirano Advogados para atuar na área de Direito Societário, agora como sócio. O advogado já tinha trabalhado no escritório de 1979 a 1984. Pedro Freitas teve passagem também pelo jurídico da Brasil Telecom, das Organizações Odebrecht e da International Finance Corporation (World Bank Group), em Washington.

*** O escritório Pellon & Associados Advocacia Empresarial acaba de criar o setor de energia. Para comandar a área, chamou Maurício Azevedo. O advogado tem 10 anos de experiência no segmento, já dirigiu o jurídico da empresa responsável pela construção da plataforma de petróleo P-53. O escritório tem 149 advogados (69 sócios e 80 não-sócios) e um total de 66.865 causas patrocinadas por ano.

*** Rodrigo Sampaio é o novo coordenador da área tributária do escritório Martinelli Advocacia. A banca recentemente aumentou as suas instalações e mudou de endereço no Rio de Janeiro. Agora atende na rua do Ouvidor.

*** O Neves Bezerra Advogados Associados inaugura nova sede no Rio de Janeiro. A ampliação se deu pelo aumento no número de clientes, principalmente no ramo de alimentação. O escritório cuida de mais de 15 mil processos, com maior atuação no contencioso de companhias.

*** O escritório Campos Mello, Pontes, Vinci & Schiller Advogados está colocando em prática o seu plano de expansão. A partir de 2009, atua também na área de Direito Trabalhista, sob responsabilidade do advogado Antônio Carlos Pereira Neto.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 3 de fevereiro de 2009, 11h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/02/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.