Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cargos de apoio

Defensoria Pública abre inscrições para concurso

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo abriu inscrições para o concurso que preenche vagas para cargos de apoio no órgão. São 163 vagas para atuação na capital, região metropolitana e interior. As inscrições podem ser feitas até as 14 horas de 18 de janeiro de 2010 por meio do site de Concursos. A taxa de inscrição é de R$ 52,37.

O cargo demanda jornada de trabalho de 40 horas semanais com salário inicial de R$ 1.160,00. São requisitos para a inscrição ter idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, ter concluído o ensino médio e possuir carteira nacional de habilitação categoria mínima “B”. Os inscritos aprovados exercerão atividades de apoio administrativo e técnico nas diversas áreas da Defensoria.

A prova será composta de 40 questões objetivas de múltipla escolha de conhecimentos gerais (Língua Portuguesa, Matemática e Informática) e 30 de Conhecimentos Básicos Jurídicos e Institucionais. A avaliação está prevista para  28 de fevereiro, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

Clique aqui para ler o edital.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 29 de dezembro de 2009, 1h04

Comentários de leitores

6 comentários

Aqui por engano

FELIPE CAMARGO (Assessor Técnico)

Sem comentários, pois é patética essa insistente implicância em relação à Defensoria Pública e a seus membros.

defensor público só pensa em si e em usar os pobres

daniel (Outros - Administrativa)

defensor público só pensa em si e em usar os pobres, pois apenas quer aumentar de salário, menos serviço, e monopólio de pobre enquanto os pobres ficam reféns da defensoria.

Lembrando...

Advogado Santista 31 (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Em 2008, o salário para o cargo de Defensor Público Estadual era de mais de R$ 5.000,00, enquanto que em 2009 caiu para R$ 3.600,00. Se disserem que houve ganho real entre os dois periodos, eu rio, pois tal bravata é digna de pena de filhinho de papai orgulhoso em passar em concurso público se achando a azeitona da empada kkkkkkkkkkkkkkkkk. Se tivesse competencia para justificar tal empafia, teria passado na magistratura. Mas antes que se esqueçam, devo lembrá-los de que Defensor Público não é categoria especial de advogado, sem contar que a dedicação para cada causa individual é zero se comparado a advocacia privada, já que só o advogado contratado se preocupa com prazos, enquanto que o Defensor larga tudo na mão dos estágiarios ou de outros defensores reçem-aprovados que não conhecem a fundo a causa que pegam nas mãos e colocam todos os esforços na lata do lixo, primaziando mais um acordo (que é mais desvantajoso para aquele que busca seus direitos) somente para não ter trabalho acumulado.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/01/2010.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.