Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Paraná e Minas

Polícia Federal deflagra duas operações nesta quarta

A Polícia Federal deflagrou duas grandes operações nesta quarta-feira (26/8). Em Curitiba, no Paraná, a operação batizada como Manjedoura desbaratou suposta quadrilha especializada na obtenção fraudulenta de benefícios previdenciários. Desde 2001, segundo a PF, ela já teria causado R$ 11 milhões em prejuízos aos cofres públicos.

Em Minas Gerais, acontece a operação batizada como Barroco. Ela visa combater o crime de tráfico de drogas, na modalidade de venda clandestina de medicamentos de uso controlado, a partir da cidade de Juiz de Fora.

Segundo a PF, no Paraná, as investigações tiveram início há dois meses, com base em dados de inteligência previdenciária, “culminando com a expedição de mandados de prisão de 19 pessoas: sete integrantes de uma mesma família, que recebem ou já receberam benefícios de forma fraudulenta; e mais 10 pessoas beneficiárias de forma ilegal e dois médicos psiquiatras da capital”.

Além das prisões, foi decretado pela Justiça Federal o sequestro de veículos e arresto de um imóvel da quadrilha, bem como o cancelamento dos benefícios supostamente fraudulentos, de acordo com a PF. Os presos vão ser indiciados por estelionato e formação de quadrilha.

Em Minas Gerais, estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão em várias cidades. A operação conta com o apoio da Anvisa — Agência Nacional de Vigilância Sanitária — e da Receita Estadual. Com informações da Assessoria de Imprensa da Polícia Federal

Revista Consultor Jurídico, 26 de agosto de 2009, 12h29

Comentários de leitores

1 comentário

fraude INSS

Daniel (Outros)

A PF deveria prender quem fez..e quem se beneficiou
porque não existem virgens na zona.....o beneficiario sabe que o beneficio foi fraudado a seu favor..
Daniel

Comentários encerrados em 03/09/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.