Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Efeito da crise

Advogado lidera ações contra bancos nos EUA

O advogado norte-americano John Quinn, do escritório Quinn Emanuel Urquhart Oliver & Hedges, tornou-se o maior litigante contra bancos da história do país. Desde 2008, ano em que a economia mundial entrou em crise, ele lidera ações civis bilionárias contra bancos dos Estados Unidos. As informações são do site American Lawyer.

Em uma ação ajuizada, na terça-feira (5/8), na Suprema Corte Estadual de Nova York, a seguradora de valores Ambac Credit Products, representada pelo advogado, alega que por causa de fraudes bancárias foi induzida a cobrir indenizações de US$ 2 bilhões. Elas foram geradas por hipotecas de alto risco, as chamadas sub-primes, que não foram honradas.

A discussão gira em torno das chamadas CDO’s (Collateralized Debt Obligation — obrigação de dívida com garantia). Segundo o advogado, o Citibank anunciava as CDO’s por 96 centavos de dólar cada uma, quando na verdade não valeriam mais de 79 centavos.

No último mês, John Quinn ajuizou ação bilionária contra J.P. Morgan e Washington Mutual. Seu mais novo alvo são os gigantes Credit Suisse e Citibank.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2009, 11h54

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/08/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.