Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Reunião virtual

TRF-2 já vê gastos reduzirem com tecnologia

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (Rio e Espírito Santo) já contabiliza a redução nos gastos com viagens e diárias por conta do uso de videoconferência para reuniões administrativas. O tribunal informou que, entre janeiro e julho de 2008, as despesas com diárias somaram R$ 123 mil. No mesmo período em 2009, caíram para R$ 84 mil.

A redução dos custos foi o motivo pelo qual o Conselho Nacional de Justiça editou em abril de 2009 a Resolução 73, que limita a concessão e pagamento de diárias no Poder Judiciário.

"A tecnologia tem sido uma grande aliada do Judiciário, fornecendo instrumentos valiosos, inestimáveis, para o aperfeiçoamento dos nossos serviços. Acredito que ela seja o diferencial para conseguirmos a prestação jurisdicional célere e eficaz que sonhamos e a que o cidadão faz jus", afirmou o presidente do TRF-2, desembargador Paulo Espírito Santo.

No dia 27 de julho, o CNJ promoveu a primeira reunião por videoconferência entre o presidente do conselho e do Supremo Tribunal Federal, ministro Gilmar Mendes, e os presidentes dos cinco TRFs do país, além do presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, desembargador Luiz Zveiter.

O Conselho da Justiça Federal tem incentivado o uso da tecnologia para as reuniões com o objetivo de diminuir os custos. Foi o CJF que adquiriu e forneceu aos Tribunais Regionais Federais os primeiros equipamentos para fazer videoconferência. O aparelho que permitiu a reunião interliga o Judiciário nacional por fibra ótica e permite a conexão de até seis pontos simultaneamente. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-2.

Revista Consultor Jurídico, 1 de agosto de 2009, 9h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/08/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.