Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vítima de atropelamento

Pais de menor que causou acidente são condenados

Os responsáveis pelo menor que atropelou três pedestres, no município de Feliz Natal (MT), devem pagar pensão alimentícia a uma das vítimas do acidente, que ficou impossibilitada de trabalhar. A decisão é da 6ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que determinou o pagamento mensal de R$ 600, valor do salário que a vítima, que sustenta a mãe, recebia quando trabalhava em uma loja de infórmática.

O acidente ocorreu em janeiro de 2008, quando um adolescente de 15 anos fazia uma manobra em marcha ré e atropelou três pessoas. Um dos atingidos morreu e a vítima beneficiada quebrou a bacia. Ela teve problemas na bexiga e na uretra e já foi submetida a três cirurgias. O menor fugiu do local.

Na avaliação do desembargador Juracy Persiani, relator do recurso, a documentação mostra culpa do adolescente na tragédia, já que é sabido que os pais são os responsáveis pelos ilícitos civis causados pelos filhos menores na modalidade objetiva, conforme versa o artigo 932 do Código Civil. A responsabilidade civil, no entanto, não foi discutida no caso. O voto do relator foi acompanhado pelo desembargador Guiomar Teodoro Borges (1º vogal) e pelo juiz convocado João Ferreira Filho (2º vogal). *Com informações da Assessoria de Imprensa do Tribunal de Justiça do Mato Grosso.

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2009, 6h29

Comentários de leitores

1 comentário

Penso que a penalidade é justa!

Tulio (Economista)

Assim como o dono do cachorro que morde um terceiro é responsável pelo dano causado, entendo ser justa a responsabilização dos pais, sempre que seu filho menor, aga com imprudência e/ou irresponsavelmente....

Comentários encerrados em 06/05/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.