Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Com mandato cassado

Lago resolve deixar sede do governo do Maranhão

O ex-governador do Maranhão Jackson Lago (PDT) deixou neste sábado (18/4) o Palácio dos Leões, sede oficial do governo do estado, onde permaneceu durante a noite, mesmo depois de ter tido seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A segunda colocada nas eleições, Roseana Sarney, já foi empossada na tarde de sexta-feira (17/4) na Assembléia Legislativa, mas estava despachando no Palácio Henrique de La Rocque, sede administrativa do governo. À noite, o Supremo Tribunal Federal rejeitou recurso apresentado por Jackson Lago e por seu vice Luís Carlos Porto. A defesa de Lago, contudo, ainda aguarda julgamento de Ação Cautelar semelhante ao pedido negado pela corte.

A Executiva Nacional do Partido Democrático Trabalhista divulgou nota reiterando solidariedade a Lago. “Cassar o mandato de Jackson Lago é um duro golpe na soberania popular exercida pelo sufrágio livre e universal do povo maranhense”, diz o comunicado. Leia mais sobre o assunto na ConJur.

Revista Consultor Jurídico, 18 de abril de 2009, 13h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.