Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Leitura em presídio

Defensoria de SP arrecada livros para bibliotecas

A arrecadação de livros para bibliotecas de presídios pela Defensoria Pública do Estado de São Paulo começou na sexta (17/4). A distribuição das obras da campanha “Doe cidadania, doe livros” está prevista para meados de maio.

A campanha se baseou na experiência feita na Penitenciária Feminina de Sant’Anna. Na oportunidade, foram arrecadados 700 livros em 15 dias, o que permitiu levar obras de escritores clássicos e da atualidade e também de ensino fundamental e médio para as três bibliotecas do presídio.

De acordo com a Defensoria, objetivo é contribuir para formação intelectual e educacional das pessoas presas. A iniciativa é da Coordenadoria de Comunicação Social e Assessoria de Imprensa (CCSAI), da Escola da Defensoria Pública do Estado de São Paulo (EDEPE) e do Núcleo Especializado de Situação Carcerária (NESC).

As doações podem ser feitas no prédio da Boa Vista, sede da Defensoria, na Avenida Liberdade e na Unidade da Defensoria do Fórum da Barra Funda, na capital paulista. Na região metropolitana e interior podem ser feitas em todas as Unidades da instituição. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail imprensa@dpesp.sp.gov.br e pelo telefone (11) 3107-5055. *Com informações da Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de São Paulo.

Revista Consultor Jurídico, 18 de abril de 2009, 6h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 26/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.