Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Julgamento no Irã

Jornalista é acusada de espionagem para os EUA

A jornalista Roxana Saberi, que tem nacionalidade norte-americana e iraniana, está sendo julgada no Irã. Ela é acusada de fazer espionagem para os Estados Unidos. O Código Penal iraniano prevê pena de morte para quem faz espionagem. As informações são do Globo Online.

Segundo o porta-voz da Justiça iraniana, Alireza Jamshidi, o julgamento começou na segunda-feira (13/4) em uma Corte Revolucionária responsável por questões de segurança de Estado. "Sua acusação foi espionar para estrangeiros. Ela espionou para os Estados Unidos", disse.

Jamshidi afirmou que Saberi, repórter freelancer nascida nos Estados Unidos, já submeteu seus últimos argumentos de defesa no caso. Ela foi presa no final de janeiro por trabalhar no Irã depois de sua credencial de imprensa ter expirado. O advogado da jornalista não fez comentários sobre o julgamento.

Saberi, que já trabalhou para a BBC, a National Public Radio e outros veículos, é cidadã tanto dos Estados Unidos quanto do Irã, mas o governo iraniano não reconhece dupla nacionalidade.

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2009, 18h01

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.