Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Troca de advogado

Roberto Podval assume defesa do casal Nardoni

O advogado Roberto Podval deve assumir a defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, acusados pela morte da menina Isabella. Marco Polo Levorin, um dos advogados que defendia o casal, informou sua saída do caso. As informações são da colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Podval deve se encontrar com o casal ainda nesta semana, quando irá a Tremembé (SP), onde os dois estão presos. O advogado vai tentar libertar o casal antes de serem submetidos a júri, o que deve ocorrer entre junho e setembro.

Segundo o Estadão, os outros advogados do casal, Ricardo Martins e Rogério Neri, permanecem no caso. Segundo Levorin, o motivo para o abandono foram divergências profissionais e processuais. O advogado não quis detalhar quais foram essas divergências.

O casal, que está preso, deve ir à Júri popular. Alexandre, pai de Isabella, responderá por homicídio qualificado, por fraude processual e concurso de pessoas. Anna Jatobá responderá por todos esses crimes.

Segundo o juiz do 2º Tribunal do Júri da Comarca de Santana (SP), existe prova da materialidade do crime e indícios suficientes, “tanto que estão sendo pronunciados para serem submetidos a julgamento perante o Tribunal Popular”. Ao pronunciar o casal e manter a prisão, o juiz mencionou a hediondez do crime, “pelo fato de envolver membros de uma mesma família de boa condição social”.

Revista Consultor Jurídico, 14 de abril de 2009, 13h33

Comentários de leitores

7 comentários

ARMANDO DO PRADO

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Sempre duvidei que fosse um professor ; agora,tenho certeza que não é. Nas citações, ilustre dito professor, basta citar o autor do texto ou colocar entre aspas ou itálico. Fiz as duas coisas. São normas da ABNT. Conhece ? Desrespeitosamente.
acdinamarco@aasp.org.br

A espera de um milagre.............

hammer eduardo (Consultor)

O famoso filme com o Tom Hanks bem que poderia ser o titulo deste gigantesco embrulho juridico.
Considerando-se que o "simpatico casal" irá a Juri Popular , acho que mesmo que contratassem o Felipão , Padre Marcelo Rossi e mais o David Blane , dificilmente conseguirão escapar da jaula que ja estão curtindo por conta. A contratação de medalhões conforme esta ocorrendo serve apenas para ganhar tempo e entupir o desenrolar com detalhinhos e filigranas. Lembremos quando na vez anterior o "ainda-solto" papi nardoni trouxe aquele legista ridiculo e patetico de Alagoas ( tambem queriam o que fazendo importações de uma beleza dessas???)que tentou desmontar todo o trabalho do Promotor Cembranelli, terminou voltando para Alagoas com o rabinho entre as pernas e provavelmente de onibus da Viação Itapemirim e sem direito a ar condicionado.
Bem fez a Justiça?????quando "guardou" o simpatico casal da provavel furia popular , deu tempo suficiente para a poeira abaixar apesar de que acredito que quando forem para o banco dos réus, a audiencia nas radios , tvs e as vendas de jornais vão subir nas alturas . O que é preciso é acabar com essa PALHAÇADA de tentar demonizar a Imprensa , eles vivem disso igualzinho a adevogadios medalhões que topam tudo ( mediante modicas quantias é claro) para tentar provar que ate Adolf Hitler era um pobre pintor austriaco e que tudo não passou de um ligeiro mal entendido.........
Vamos aguardar agora o Juri Popular , o resto é figurinha repetida neste album de barbaridades em que as unicas vitimas ate o presente momento foram a verdade e a inocente Criança morta animalescamente.

Quando citar diga de onde tirou

Armando do Prado (Professor)

AC Dinamarco, pelo menos cite de onde v. deu o "control c e control v" para tirar a frase do Ruy Barbosa. V. tirou do MIGALHAS. Que coisa feia!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 22/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.