Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Evento político

Protógenes vai responder a mais um procedimento

A Corregedoria da Polícia Federal em Minas Gerais resolveu abrir, nesta sexta-feira (3/4), um processo administrativo contra o delegado Protógenes Queiroz. O delegado participou de um evento político em Poços de Caldas (MG), em setembro de 2008. As informações são da Agência Brasil.

Segundo a Superintendência da PF, Protógenes se apresentou no evento como delegado federal e fez pronunciamentos de apoio e de solidariedade ao candidato à prefeitura Paulo Tadeu Silva D'Arcádia (PT-MG), o que é proibido pela corporação.

O processo administrativo, que pode resultar na exoneração do delegado, está sendo analisado pela Comissão Permanente de Disciplina da Polícia Federal. Protógenes já está sendo investigado por supostos desvios de conduta no comando da Operação Satiagraha. A acusação é de violação do sigilo funcional e vazamento de dados sigilosos do inquérito contra o banqueiro Daniel Dantas.

Revista Consultor Jurídico, 3 de abril de 2009, 19h59

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 11/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.