Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

Ronaldo Marzagão volta para a advocacia

Por 

Depois de enfrentar a aventura estrepitosa que é ser secretário de segurança em São Paulo, Ronaldo Marzagão decidiu voltar à advocacia e retomar a sua posição de sócio no escritório Rocha Barros Sandoval & Costa, Ronaldo Marzagão e Abrahão Issa Neto Advogados Associados. Ele deixou o cargo de secretário no dia 17 de março, depois de mais de dois anos.

A missão de Margazão no governo de São Paulo não foi fácil. Enfrentou acusações de corrupção contra seu ex-secretário-adjunto Lauro Malheiros Neto, greve da Polícia Civil por melhores condições de trabalho e salários — ocasião em que houve confronto entre policiais militares e civis perto do Palácio dos Bandeirantes —, e ainda a suposta existência de grupo chamado “Os Highlanders”, formado por policiais, acusados de matar e decapitar pessoas. A pasta é hoje ocupada por Antonio Ferreira Pinto.

Presidência do Cesa

José Luis de Salles Freire, sócio-fundador do TozziniFreire Advogados, é o novo presidente do Cesa (Centro de Estudos das Sociedades de Advogados). A cerimônia de posse aconteceu na segunda-feira (30/3). José Luis, que estava na vice-presidência da instituição, ocupa agora a cadeira do colega Antonio Corrêa Meyer, do Machado, Meyer, Sendacz e Opice Advogados. Para o seu lugar, foi escolhido Carlos Roberto Fornes Mateucci, do Yarshell, Mateucci e Camargo Advogados. A nova diretoria permanecerá à frente do Cesa até 2012. Clique aqui para ver todos os nomes escolhidos.

José Luis é o quinto presidente do Cesa, associação civil sem fins lucrativos constituída por 800 sociedades de advogados e voltada para o estudo do setor. A cerimônia de posse, que aconteceu no Hotel Renaissance, em São Paulo, contou com a presença de 150 advogados.

Nova sede

O escritório Guazzelli & Torrano inaugura nesta sexta-feira (3/4), às 18h, a sua nova sede em Porto Alegre. Criada em 2003, pelas sócias Vanessa Guazzelli Braga e Telma Cecília Torrano, a banca está focada na gestão estratégica do contencioso de grandes empresas de comunicação do país. O uso da tecnologia para acompanhamento de prazos e organização interna é um diferencial do escritório, que inaugurou uma filial em São Paulo, em dezembro. O Guazzelli & Torrano também tem uma equipe de consultores internos e externos, especializados em questões societárias, tributárias, de homeoffice e em Direito Ambiental. A nova sede fica na rua Castro Alves, 465.

O Gaia, Silva, Gaede & Associados também está ampliando as suas instalações. O novo escritório, que será coordenado pelos advogados Angelo Valladares e Souza e Luciana Abreu Pereira, está em Belo Horizonte, na avenida do Contorno, 7.069. A inauguração acontece na quinta-feira (2/4). A banca conta com 160 profissionais, em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Brasília.

Relações de consumo

O escritório Dannemann Siemsen, com quase 110 anos de atuação especializada em tudo que tenha relação com a área de Propriedade Intelectual, passa agora a atender no setor de Relações de Consumo. A advogada Catarina Costa será a responsável pelo novo segmento de atuação da banca, que conta com 130 advogados. Destes, 37 são sócios.

Licença para atuar

No dia 25 de março, o Ministério da Justiça da China entregou ao escritório Felsberg e Associados a licença para a manutenção de um escritório de representação. Este é o terceiro escritório de América Latina a conseguir autorização do governo para atuar no país. Antes disso, o advogado Rodrigo do Val Ferreira, que cuida da filia, já contribuía com o governo chinês na ideia de criação de um pólo industrial com empresas latino-americanos na província de Sichuan, onde em maio de 2008 um terremoto destruiu a cidade. A sede do Felsberg fica em Xangai, pertinho da Bolsa de Valores e da Torre da Pérola do Oriente, cartão postal da cidade.

Fundo de investimentos

O escritório Campos Mello, Pontes, Vinci & Schiller, sob responsabilidade de Laercio Pellegrino Filho e Daniella Raigorodsky, foi o consultor jurídico no projeto de criação do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios AGN Energia, Petróleo e Gás (FIDC). O fundo foi concebido no Programa de Apoio à Indústria de Energia, Petróleo e Gás do Rio Grande do Norte. A ideia é dar ferramentas para o desenvolvimento do setor, entre elas, financiamento de capital de giro aos fornecedores de bens e serviços locais. O FIDC AGN Energia, Petróleo e Gás é administrado pelo Banco BRJ.

Início das atividades

O KLA é o escritório responsável pelo start-up das operações da agência de publicidade M & C Saatchi no Brasil. Esta é a terceira maior agência da Inglaterra, com atuação em 13 países e mais de mil funcionários. A empresa investiu R$ 3 milhões no país. A advogada Miriam Machado foi responsável pela operação, ao lado de Juliana Elorza e Bruno Prata.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 1 de abril de 2009, 10h23

Comentários de leitores

1 comentário

Volta da onde prá onde?

Último Papa (Outros)

Marzagão foi, e é Ministério Público, agora aposentado. Recebe aposentadoria.
Portanto, não volta prá advocacia, porque à ela não pertence.
Infelizmente, ele faz parte daqueles que depois de aposentados, vão para advocacia. Bico, só isso, não vive de hnorários advocatícios!
É um trombonista numa orquestra de violinistas!

Comentários encerrados em 09/04/2009.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.