Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Em dois lugares

Supremo manda soltar réu que estava preso no dia do crime

A 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal concedeu, nesta terça-feira (23/9), liberdade a Raphael Soares de Jesus, preso sob acusação de duplo homicídio cometido em Belo Horizonte.

Segundo o ministro Cezar Peluso, desde a fase de interrogatório o réu insistia que, no dia do crime, ele estava preso no Centro de Remanejamento da Segurança Pública de Belo Horizonte.

“No mínimo há seriíssima dúvida sobre a autoria do crime”, disse o ministro Peluso, que recebeu do diretor do centro de custódia de presos a confirmação de que o acusado estava preso no dia dos homicídios. Peluso informou que a prisão de Jesus foi baseada no testemunho de uma só pessoa que disse tê-lo visto na cena dos crimes.

HC 95.003

Revista Consultor Jurídico, 24 de setembro de 2008, 0h00

Comentários de leitores

3 comentários

O que tem de 'prisioneiro' saindo "para as comp...

futuka (Consultor)

O que tem de 'prisioneiro' saindo "para as compras" ..'não seria esse o caso'! Afinal houve um testemunho ou o reconhecimento de qualquer forma é uma 'situação ardilosa' para um julgador,sem os devidos instrumentos!

faltou dizer quem foi o autor do HC.

analucia (Bacharel - Família)

faltou dizer quem foi o autor do HC.

Se o STF erra essa!

ZÉ ELIAS (Advogado Autônomo)

Se o STF erra essa!

Comentários encerrados em 02/10/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.