Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ataque a lojas

Jurados são selecionados para julgamento de O.J Simpson

Começou a seleção de jurados para o julgamento que promete ser mais disputado do ano nos EUA: mais de uma década depois de ter sido acusado de homicídio, o craque de futebol norte-americano O.J. Simpson responde agora por ter comandado um ataque armado contra donos de lojas de artigos esportivos para colecionadores. As informações são do site Findlaw.

Foram selecionados 500 jurados potenciais que, após terem respondido a um questionário de 26 páginas, foram reduzidos a um número de 250 candidatos. Em sete dias, serão selecionados os 12 jurados.

Simpson, um dos maiores astros do esporte dos Estados Unidos nas décadas de 80 e 90, ficou ainda mais famoso depois de ter protagonizado um dos mais enigmáticos casos da crônica de crimes dos EUA: Nicole Brown Simpson, ex-mulher do craque, e seu namorado, Ronald Goldman, foram assassinados na Califórnia, em 1994. Acusado, criminalmente, de ser o autor dos crimes, Simpson foi julgado e absolvido.

Em 1997, a família de Goldman entrou com uma ação pedindo indenização e saiu vitoriosa. O.J. Simpson foi condenado a pagar US$ 33,5 milhões para a família.

Agora, O.J. Simpson é acusado de ter se associado a Clarence "C.J." Stewart e a Charles "Charlie" Ehrlich para atacar e assaltar, em 13 de setembro de 2007, em um cassino em Las Vegas, dois distribuidores de artigos de esporte para colecionadores. Os dois se declararam inocentes de 12 acusações sustentadas pela promotoria no episódio.

O advogado Robert Lucherini sustenta que os três “jamais obterão um julgamento justo devido à má fama adquirida por Simpson no caso da morte de sua ex-mulher”. Mediante tal argumento, a juíza Jackie Glass concordou em adiar o julgamento, marcado inicialmente para abril de 2008.

Revista Consultor Jurídico, 9 de setembro de 2008, 16h02

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.