Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Nada de simulação

Ibope não pode divulgar pesquisa que simula 2º turno em Maringá

O Ibope continua proibido de divulgar pesquisa eleitoral que simula o segundo turno da corrida à Prefeitura de Maringá (PR). A decisão é do ministro Felix Fischer, do Tribunal Superior Eleitoral.

A coligação Sou Mais Maringá entrou na Justiça contra a divulgação da pesquisa porque o seu candidato, Wilson Quinteiro (PSB), não consta entre os candidatos que podem chegar ao segundo turno. Na pesquisa do Instituto Datacenso, o candidato aparece com em quinto lugar com 4,35% das intenções de votos.

Em sua defesa, o Ibope afirma que, se a pesquisa não for imediatamente liberada, “não servirá absolutamente para nada”. No entanto, Felix Fischer ressaltou em sua decisão que não vê o perigo de demora na questão.

O ministro diz, ainda, que há recurso do Ibope pendente no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná. Se nesta ação for concedida a liminar para divulgação da pesquisa, isso esvaziaria a análise do próprio recurso.

AC 2.700

Revista Consultor Jurídico, 2 de setembro de 2008, 17h44

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 10/09/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.