Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Invasão pelo ar

Justiça alemã decide violação de direito autoral em rede sem fio

A Suprema Corte de Frankfurt, na Alemanha, decidiu que o dono de uma casa onde há rede sem fio para conexão à internet não pode ser punido pelas infrações de outras pessoas que invadem a rede. Na primeira instância, ele foi condenado por violação de direitos autorais cometido por alguém que usou a sua conexão. A informação é da revista jurídica Out-law, da Inglaterra.

Nas redes sem fio, não é possível limitar o raio do sinal, permitindo o acesso de quem está na vizinhança. Como não se garante que apenas os donos da rede usam a conexão, os juízes entenderam que não se pode dizer que o usuário é ele. Muitas pessoas não sabem que podem fechar o acesso de suas conexões. Outras, por questão ideológica, mantêm o sinal aberto.

No caso julgado pelo tribunal alemão, o músico foi processado porque o seu endereço IP (sigla em inglês de Protocolo de Internet) estava envolvido em uma troca ilegal de arquivos protegidos com direito autoral.

A empresa dona dos direitos entrou na Justiça alegando que o músico tinha permitido a conexão do infrator. No entanto, os juízes concordaram com a idéia de que uma rede sem fio está suscetível a invasões. O dono dos direitos é que deve provar quem compartilhou o arquivo.

“O erro não é você deixar a sua rede aberta, mas a troca de arquivo”, afirma o advogado inglês Struan Robertson, especialista em tecnologia. Ele entende que a Justiça de outros países da União Européia deve se posicionar da mesma maneira do tribunal alemão.

Em 2006, o governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, assinou uma lei que obriga os fabricantes de equipamentos de wi-fi (rede sem fio de alta velocidade) a alertarem os consumidores sobre a possibilidade de a rede ser invadida se não estiver no modo de segurança.

Revista Consultor Jurídico, 19 de julho de 2008, 0h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.