Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Economia de papel

TRT de São Paulo não vai mais aceitar petições por fax

A partir de 1º de agosto, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (São Paulo) não receberá mais petições por fax. A decisão foi tomada pelo juiz Antonio José Teixeira de Carvalho, presidente do tribunal.

A Portaria 18/08, do gabinete da Presidência do tribunal, foi publicada no Diário Eletrônico de Justiça do dia 8 de julho. Segundo Carvalho, o envio de petições por fax não dispensava a obrigação de juntar o documento aos autos, o que exigia duplo processamento da petição.

O tribunal já fez um convênio com os Correios que permite a remessa de petições por Sedex. Os advogados podem optar ainda pelo envio de petição por meio eletrônico.

Leia a portaria

PORTARIA GP Nº 18/2008

de 30 de junho de 2008

O DESEMBARGADOR PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 2ª REGIÃO, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

CONSIDERANDO os meios eletrônicos disponibilizados por este Regional para a recepção de petições (E-doc, PET e Sisdoc);

CONSIDERANDO que este Tribunal possui o sistema de protocolo integrado e que coloca à disposição dos jurisdicionados diversos postos de protocolo conveniados espalhados pela cidade;

CONSIDERANDO o convênio firmado com a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos que, através do “Sistema de Protocolo Integrado TRT/SP/ECT”, possibilita a remessa de petições judiciais, via Sedex, sem ou com Aviso de Recebimento – AR, nas Agências do Correio do Estado de São Paulo, com a utilização de caixas e envelopes padronizados da ECT, aos Órgãos integrantes da Justiça do Trabalho da 2ª Região;

CONSIDERANDO a faculdade prevista no art. 5º da Lei nº 9.800/99, que não obriga a que os órgão judiciários disponham de equipamentos para recepção de transmissão de petições via fac-símile;

CONSIDERANDO que o envio de petições por fac-símile não dispensa a juntada do original, o que implica em desperdício de papel, exige o duplo processamento do mesmo expediente e onera a administração pública;

RESOLVE

Art. 1º. Deixar de disponibilizar aparelhos de fac-símile para o recebimento de petições, no âmbito do TRT da 2ª Região, a partir de 1º de agosto de 2008.

Art. 2º. Determinar que sejam oficiadas as entidades que congregam advogados na região, tais como: Seções da Ordem dos Advogados do Brasil, Associações de Advogados e Associações de Advogados Trabalhistas, solicitando que dêem a devida publicidade aos seus associados, bem como solicitem a necessária colaboração e compreensão de todos os advogados para a finalidade do presente.

Art. 3º. Fica revogado o Comunicado GP nº 03/1999.

Art. 4º. Ampla publicidade deve ser conferida a esta norma.

Registre-se, publique-se e cumpra-se.

São Paulo, 30 de junho de 2008.

ANTONIO JOSÉ TEIXEIRA DE CARVALHO

Desembargador Presidente do Tribunal

Revista Consultor Jurídico, 18 de julho de 2008, 0h00

Comentários de leitores

4 comentários

E a lei 9.800/99? Esses juizitos vao passar por...

Nicoboco (Advogado Autônomo)

E a lei 9.800/99? Esses juizitos vao passar por cima?

Querido mestre Dinamarco. Primeiro, saudades de...

Eneida (Advogado Autônomo - Ambiental)

Querido mestre Dinamarco. Primeiro, saudades de sua especial maneira de nos ensinar.. lá se vão mais de vinte anos. E, como o mestre, não resisti. Concordo em gênero, número, grau e ponto e vírgula, como diria o senador Ney Maranhão: a justiça do trabalho, junto com a Federal, deveriam F E C H A R!!!

Não ia comentar, mas não resisto : os Colegas s...

acdinamarco (Advogado Autônomo - Criminal)

Não ia comentar, mas não resisto : os Colegas sabem a quantidade de Representações, na Comissão de Prerrogativas da OAB-sp, contra Juizes Trabalhistas ? Esse manifesto da ANAMATRA é uma confissão expressa das condutas lesivas aos Direitos e Prerrogativas do Advogado. Quem freqüenta a suntuosidade do fórum trabalhista sabe do que estou falando. Só os advogados submissos e subservientes discordam ! acdinamarco@aasp.org.br

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.