Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cerimônia de posse

Juiz de Brasília é o novo secretário-geral do CNJ

O juiz titular da 2ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, Álvaro Ciarlini, foi empossado na terça-feira (8/7) como novo secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça. O presidente do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, que acumula o cargo de presidente do CNJ, conduziu a cerimônia.

De acordo com Carlini, entre suas prioridades estão a manutenção do diálogo com os Tribunais de Justiça e o desenvolvimento de políticas de interesse do Judiciário.

Álvaro Carlini também destacou que os TJs devem se dirigir ao Conselho para resolver questões relativas à infra-estrutura, modernização e tecnologia. Para tanto, anunciou a promoção de um evento com a participação dos tribunais de todo o país.

Por fim, firmou seu compromisso em atuar pela revitalização da imagem do CNJ. “Não podemos perder a oportunidade histórica de construirmos a imagem do CNJ como o órgão de formulação de políticas públicas para o Judiciário”, afirmou.

Perfil

Natural da cidade do Rio de Janeiro, Ciarlini é mestre em Filosofia, doutor em Direito pela Universidade de Brasília, e professor de pós-graduação em Direito. É juiz do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, desde abril de 1994, quando tomou posse como juiz de direito substituto.

Foi promovido por merecimento em fevereiro de 1996, quando se tornou titular da 1ª Vara Cível da Circunscrição Judiciária de Planaltina. Três anos mais tarde foi removido para Brasília e atualmente era o responsável pela 2ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal.

Revista Consultor Jurídico, 9 de julho de 2008, 15h57

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 17/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.