Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Pedido de vista

Suspenso julgamento sobre filiação de filha de Garotinho ao PMDB

Não será desta vez que Clarissa Matheus de Oliveira, filha dos ex-governadores Garotinho e Rosinha Matheus, saberá se a Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro vai reconhecer sua filiação no PMDB.

Um pedido de vista da desembargadora Maria Helena Cisne, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, suspendeu nesta quinta-feira (3/7), o julgamento do recurso em que Clarissa pede a confirmação da filiação partidária. Ela pretende concorrer ao cargo de vereadora na próxima eleição.

A sessão teve os votos dos juízes eleitorais Marcio André Mendes Costa e Célio Salim Thomaz Junior, que aprovaram o restabelecimento da filiação de Clarissa, que alega ter cumprido a exigência legal de pedir a filiação um ano antes da eleição.

Decisão anterior da juíza Rosa Maria Cirigliano Maneschy, da 3ª Zona Eleitoral, negou o reconhecimento da filiação de Clarissa Matheus alegando que ela constava como desfiliada no banco de dados da Justiça Eleitoral.


Revista Consultor Jurídico, 4 de julho de 2008, 17h07

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/07/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.