Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Gastos irregulares

Diretores de fundação ligada à UnB são afastados pela Justiça

Cinco diretores da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec), fundação sem fins lucrativos vinculada à Universidade de Brasília (UnB), foram afastados neste sábado (16/2), por força de uma liminar do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Os professores da UnB Antônio Manoel Dias Henriques, Nelson Martin, Carlos Alberto Bezerra Tomaz, Guilherme Sales Soares de Azevedo Melo e André Pacheco de Assis são acusados de usar recursos de pesquisa em bares e restaurantes de luxo.

De acordo com a repórter Gabriela Guerreiro, da Folha Online, a desembargadora Nídia Correa Lima acatou o pedido do Ministério Público e designou Luiz Augusto de Souza Fróes como interventor para assumir, temporariamente, o comando da entidade. Para a desembargadora, "embora constitua medida drástica, permitirá ao MP, como órgão de fiscalização, apurar de forma mais eficiente as irregularidades imputadas aos dirigentes da Finatec permitindo o retorno daquela fundação ao atendimento dos fins para os quais foi criada".

De acordo com o Ministério Público, a Finatec teria gasto R$ 470 mil na compra de móveis luxuosos para a residência do reitor da universidade, Timothy Mulholland. Entre os gastos, há a aquisição de três lixeiras, no valor de R$ 2.738, de equipamentos de TV e som, que somam R$ 36.603, de telas artísticas no valor de R$ 21,6 mil e 16 vasos com plantas diversas na cobertura, R$ 7.264.

A polícia cercou o prédio da Finatec, em Brasília, para evitar a retirada de documentos do local. O interventor é o único autorizado pela Justiça a entrar no prédio, mas só assumirá formalmente o termo para ocupar o cargo na segunda-feira.

Revista Consultor Jurídico, 16 de fevereiro de 2008, 16h47

Comentários de leitores

2 comentários

Embora aqui o espaço não seja usado normalmente...

MUDABRASIL (Outros)

Embora aqui o espaço não seja usado normalmente para elogios (os comentaristas preferem acusar e desacreditar as insituições, de modo geral), vale aqui PARABENIZAR os representantes do MP e a desembargadora do TJDF pela pronta resposta à sociedade!!!

Qual a forma de tratamento usada na área da edu...

Embira (Advogado Autônomo - Civil)

Qual a forma de tratamento usada na área da educação com relação ao reitor? “Magnífico reitor, estamos encaminhando para apreciação de Vossa Magnificência”... Então, como é que um ser tratado como Magnífico e Vossa Magnificência pode usar um abridor de vinho qualquer, ou uma lixeira chula, ou não possuir um carro de luxo para seus passeios? Tenham paciência, tudo tem de obedecer às devidas proporções. Afinal, como ficam as prerrogativas?

Comentários encerrados em 24/02/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.