Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Alvos do crime

MPF diz ter descoberto plano para assassinar procurador e juiz

O Ministério Público Federal de Alagoas divulgou, nesta sexta-feira (8/2), que foi descoberto um plano para assassinar o juiz federal Rubens Canuto Neto e o procurador da República Rodrigo Tenório, ambos lotados em Arapiraca. O anúncio foi feito em uma entrevista coletiva concedida pelo procurador-geral da República, Antônio Fernando Souza.

O procurador e o juiz participaram do inquérito da Operação Carranca, desencadeada em fevereiro de 2006 pela Polícia Federal, com o objetivo de apurar irregularidades praticadas em licitações públicas, na capital e interior do estado, desde 2004, destinadas à construção de escolas, saneamento básico e obras de combate à seca.

De acordo com o procurador-geral, a Polícia Federal está investigando o caso e poderá já nos próximos dias apontar os responsáveis. Ele afirmou que ainda não é possível dar detalhes do caso para não prejudicar o inquérito policial. O plano foi descoberto no dia 29 de janeiro. Segundo as informações obtidas, o pistoleiro receberia R$ 50 mil para executar as vítimas. Antônio Fernando Souza afirmou que a Polícia investiga pessoas ligadas à política.

Foram cedidos carros blindados para o juiz e o procurador, além de ser dado curso de tiro e treinamento de auto-defesa. Eles também estão sob proteção da Polícia Federal e afastados temporariamente dos cargos.

A entrevista coletiva aconteceu em Maceió (AL) e reuniu membros do Ministério Público Federal, o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, Antonio Carlos Bigonha, e o procurador-chefe da Procuradoria da República em Alagoas, Roberto Olegário de Souza. Representantes dos magistrados e da Polícia Federal também estavam presentes. Olegário de Souza afirmou que os membros do Ministério Público Federal e da Justiça Federal não serão intimidados com as ameaças.

Revista Consultor Jurídico, 8 de fevereiro de 2008, 19h23

Comentários de leitores

8 comentários

De acordo com as informações dadas . Sonhar é...

futuka (Consultor)

De acordo com as informações dadas . Sonhar é viver e claro que eu penso que "ouviram o galo cantar"..bem, de qualquer forma, o "..voador" não está vindo em minha direção, não é! Deste modo devemos acreditar que sempre irá existir 'variantes' em GP's que são instalados para outra direção, no entanto 'fisga' informações de interesse a segurança pública. Imaginem o que poderia ser evitado se fossem utilizadas oficialmente com metodologias integradas aos atuais padrões de tercnologia e que sistemáticamente atualizadas todas as informações (paralelas)provenientes dos GP's criassem a forma de um super contrôle a criminalidade ..não se preocupem os céticos é apenas um sonho! Para isso não poderia haver autorização para o tal 'Grampo', o que em nosso país diferente do que acontece ha a necessidade da autorização oficial, mais se alguem poraqui ainda acredita em papai-noel(?)

Já passou da hora de fazer uma limpeza em algun...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Já passou da hora de fazer uma limpeza em alguns Estados Brasileiros, principalmente em Alagoas que mata e não pega ninguém, isto desde o caso PC Farias.

Tá bom Vladimir. Então explique. Se a entrevist...

olhovivo (Outros)

Tá bom Vladimir. Então explique. Se a entrevista coletiva é para "desestimular outras tramas que estejam em curso lá ou alhures" (?), para que o sigilo "para não atrapalhar o inquérito"?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 16/02/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.