Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Cartões corporativos

Governo quer incluir FHC em investigações de cartões corporativos

Por 

O governo decidiu, na noite de quarta-feira (6/2), apoiar uma CPI restrita ao Senado para apurar irregularidades com cartões desde 1998. A idéia é incluir nas investigações o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e implodir a CPI mista que pretende investigar os gastos com seus cartões corporativos. O requerimento para a instalação da CPI, protocolado pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), conta com 32 assinaturas, cinco a mais que o mínimo necessário.

Mas um projeto que tramita na Câmara já prevê as contenções do cartão. O Projeto de Lei 2.234/07, do deputado Duarte Nogueira (PSDB-SP), proíbe saques em dinheiro com cartões corporativos na administração pública e exige que sejam apresentadas as notas fiscais para comprovar as compras feitas.

Os gastos com cartões corporativos do governo federal somaram R$ 75,6 milhões em 2007 – mais que o dobro que no ano anterior (R$ 33 milhões). Da quantia gasta por ministros e servidores com cartões, mais da metade (R$ 45 milhões) foi sacada em dinheiro.

Duarte Nogueira recorda que, no ano passado, a Controladoria-Geral da República (CGU) já havia recomendado "preferência pela compra direta mediante faturamento e a limitação dos saques em dinheiro para os casos em que isso seja inviável".

Clique aqui para ler a íntegra do projeto de Duarte Nogueira.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 7 de fevereiro de 2008, 10h15

Comentários de leitores

14 comentários

Acho feio este negócio do governo de querer pro...

www.professormanuel.blogspot.com (Bacharel)

Acho feio este negócio do governo de querer provar que todo mundo rouba. Meu avô me ensinou que dois erros não fazem um acerto. Que se investigue tudo, no entanto. Mas que, desta vez, aos culpados sejam aplicadas as penas da lei. Cansa ouvir falar de tanto escândalo e não ver ninguém punido. Enquanto isso, o povo brasileiro, com o devido nariz de palhaço, fica anestesiado afundado na poltrona de casa. Nada mais impressiona. Nada mais emociona.

A tucanada e os demos estão em polvorosa...hehe...

Comentarista (Outros)

A tucanada e os demos estão em polvorosa...hehehe. E por incrível que pareça, não querem esperar as próximas eleições para tirar o Sapo Barbudo da mais cobiçada cadeira republicana, pois perdem o sono só em pensar que o povo não queira alçá-los ao poder novamente (o que pode ser facilmente comprovado face às ultimas pesquisas de opinião pública, cuja popularidade do atual governo demonstra continuar em franco crescimento). É isso aí, "oposiçãozinha" tupiniquim...Esperneiem e gritem à vontade... Ou pergunte ao Serrinha (presidente "moral" da oposiçãozinha) o que ele realmente acha dos tais "cartões corporativos"! Hahahaha...

Quem quer que seja deve ser investigado, se hou...

futuka (Consultor)

Quem quer que seja deve ser investigado, se houver comprovada necessidade e os instrumentos para isso; quanto ao fato de ser ou não 'manobra' contra o senhor fhc isso não quer dizer NADA. O 'dinheiro gasto de forma irregular' continua sendo público!

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 15/02/2008.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.