Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Advogado do senador

Renan Calheiros pode contratar Maurício Corrêa para sua defesa

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), cogita contratar Maurício Corrêa como seu novo defensor. Corrêa diz ter tido conversas a respeito do tema com o presidente do Senado. Mas alega que não há definições quanto à contratação efetiva, informa o jornalista Josias de Souza em seu blog.

Na sexta-feira (21/9), o advogado Eduardo Ferrão abandonou a defesa Renan, nos três processos por quebra de decoro parlamentar a que responde no Conselho de Ética da casa. Ferrão alegou excesso de trabalho.

Maurício Corrêa já foi senador. Durante o governo de Itamar Franco, foi ministro da Justiça. Depois, foi alçado ao posto de ministro do Supremo Tribunal Federal. Aposentado, constituiu banca advocatícia em Brasília.

Antes da absolvição de Renan pelo plenário do Senado, Corrêa redigiu um artigo em defesa do senador. Em um envelope com timbre da presidência do Senado, Renan enviou o texto aos colegas. No artigo, o advogado esforçou-se para acomodar o drama de Renan na cama. Já no primeiro parágrafo, citou Saint-Beuve: “Quando o destino de uma nação está no quarto de uma mulher, o melhor lugar para um historiador é a antecâmara.”

“O que se poderia indagar é se a conduta particular de certos personagens da vida pública nacional resistiria a tão pertinaz, insistente e torrencial campanha. Afinal, quantos não estão respondendo a ações, algumas com acusações graves, perante a Justiça? No entanto, estão aí sorrindo, felizes como se fossem imaculados. Resistiriam à metade da pancadaria que se abateu sobre o presidente do Senado?”, questionou o ex-ministro.

Revista Consultor Jurídico, 23 de setembro de 2007, 17h05

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/10/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.