Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Furacão solto

STF dá liberdade a mais 15 presos na Operação Hurricane

O ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal, deu liberdade para mais 15 investigados pela Polícia Federal na Operação Hurricane, que apura jogos ilegais. O pedido de Habeas Corpus foi apresentado pela defesa de Laurentino Freire dos Santos. Por considerar que a situação de Laurentino não é diferente da dos demais 14 co-réus, o ministro fez uso do disposto no artigo 580 do Código de Processo Penal e estendeu o benefício a eles.

Os beneficiados estão presos por determinação da juíza da 6ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Para o ministro, “a materialidade dos fatos narrados na denúncia, e até então não comprovados em termos de definir-se a culpabilidade, e os indícios de autoria são elementos para chegar-se à prisão preventiva” não são suficientes para decretação da medida.

O ministro ressaltou que a decisão não se aplica aos envolvidos que possuírem outro mandado de prisão.

Os réus que conseguiram liberdade são: Ailton Guimarães Jorge, Aniz Abrahão David, Antonio Petrus Kalil, José Renato Granado Ferreira, Júlio César Guimarães Sobreira, Paulo Roberto Ferreira Lino, Marcelo Kalil Petrus, Nagib Teixeira Suaid, João Oliveira De Farias, Luciano Andrade Do Nascimento, Belmiro Martins Ferreira, Marcos Antonio Dos Santos Bretas, Licínio Soares Bastos e Marcos Antonio Machado Romeiro.

A Operação Hurricane da Polícia Federal foi deflagrada em 13 de abril para deter acusados de envolvimento com a compra de sentenças para beneficiar o esquema de exploração do jogo ilegal.

HC 92.423

Revista Consultor Jurídico, 17 de setembro de 2007, 21h41

Comentários de leitores

5 comentários

Eu não entendo,o regime democrático consegue de...

Diaz (Contabilista)

Eu não entendo,o regime democrático consegue destituir um Presidente da República, mas não consegue tirar um ministro do STF, que há muito perdeu o bom senso. Não podemos ter como guardião da democracia um cidadão que já por inúmeras vezes, tem prestado um desserviço a nação.

Parabens STF, tem que manter o ótimo trabalho. ...

Bob Esponja (Funcionário público)

Parabens STF, tem que manter o ótimo trabalho. Que diga o cacciola. O país agradece

Ora Sr. Armando Rodrigues Silva do Prado, o STF...

José R (Advogado Autônomo)

Ora Sr. Armando Rodrigues Silva do Prado, o STF é, de fato, quem diz o Direito por último. Soldado raso querer afrontar o General é muito atrevimento...

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 25/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.