Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Promoção de Maluf

TRE-SP cassa o tempo integral de propaganda gratuita do PP-SP

O Tribunal Regional Eleitora de São Paulo cassou todo o tempo de propaganda partidária gratuita do diretório estadual do PP. Para o tribunal, o partido desvirtuou o uso do tempo partidário para fazer promoção pessoal de Paulo Maluf.

A Lei dos Partidos Políticos destina esse tempo apenas para a difusão dos programas partidários e transmissão de mensagens sobre execução do programa partidário e da posição do partido em relação a temas político-comunitários.

Em junho, a Procuradoria Regional Eleitoral entrou com Representação contra o partido pelas inserções transmitidas nos dias 18, 21, 25 e 28 de maio. Segundo a procuradoria, o jingle da campanha era: São Paulo é Paulo porque Paulo é trabalhador. São Paulo é Paulo é Maluf sim senhor.

Por entender que a propaganda fazia promoção pessoal de Maluf, eleito deputado federal, a procuradoria pediu a cassação integral do tempo de propaganda do PP. Dados mostram que em 2006 foram nove Representações contra o PP por desvirtuamento do tempo partidário. Todas foram julgadas procedentes, com a imposição de punição de perda parcial do tempo de propaganda partidária.

De acordo com o procurador regional rleitoral, Mario Bonsaglia, “essa punição drástica ao PP-SP serve de advertência aos demais partidos para que não cometam abusos semelhantes, especialmente tendo em vista que no próximo ano haverá eleições municipais”. Cabe recuso ao Tribunal Superior Eleitoral.

Revista Consultor Jurídico, 14 de setembro de 2007, 0h01

Comentários de leitores

2 comentários

"Nunca vi na história política deste país um ho...

João Tavares (Consultor)

"Nunca vi na história política deste país um homem público mais perseguido do que Paulo Maluf" Administrador nato, com 40 anos de vida pública, teve 739.827 mil votos, a maior votação nominal do Brasil. Fez milhares de obras na capital e no interior. Isto posto, Paulo Maluf não precisa de promoção pessoal. Exemplos: os meus túneis não inundaram, as minhas estações do Metrô não ruiram. Finalizando, quando o PP foi governo, todos se beneficiaram e se beneficiam do Aeroporto Internacional de Guarulhos e do Terminal Rodoviário do Tietê, que evitaram o APAGÃO AÉREO. Os iluminados de plantão falavam que eram "obras faraônicas" Nos dias atuais totalmente saturados.Os sucessores de Maluf fizeram o que??? O povo tem memória sim, o tempo sempre se encarrega das injustiças!!! "O POVO NÃO QUER PERSEGUIÇÃO, QUER QUE OS HOMENS PÚBLICOS, FAÇAM"

Quando é o Presidente Lulla que é exaltado pelo...

A.G. Moreira (Consultor)

Quando é o Presidente Lulla que é exaltado pelo "PT", em seu espaço político, liberado pelo TSE, NÃO É PUNÍVEL por qualquer Tribunal !!!

Comentários encerrados em 22/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.