Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Briga de marido e mulher

Supremo rejeita queixa-crime de ex contra Valdemar Costa Neto

Por 

O Supremo Tribunal Federal rejeitou a queixa-crime apresentada por Maria Christina Mendes Caldeira contra seu ex-marido, Valdemar Costa Neto, deputado federal. A decisão foi tomada, nesta quinta-feira (13/9), pelo Plenário do Supremo Tribunal Federal.

Maria Christina reclamou de uma entrevista concedida por seu ex-marido para o jornal O Estado de S. Paulo. A reportagem circulou em 21 de junho de 2005 com a manchete “Costa Neto acusa ex-mulher de tentar extorsão”. Costa Neto dizia que sua ex-mulher estava tentando chantageá-lo e teria feito proposta, não aceita, de parar de acusá-lo em troca de R$ 900 mil. Valdemar Costa Neto disse, ainda, que sua ex-mulher procurava a imprensa para ter “cinco minutos de fama”.

A ex não gostou da história e entrou com queixa-crime contra Costa Neto. Afirmou que a calúnia consistia na acusação de extorsão. E que a injúria estava na afirmação de que queria “cinco minutos de fama”.

O deputado federal, para se defender, disse que faltava tipicidade formal que caracterizasse o crime de calúnia. O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, acolheu o argumento e rejeitou a queixa-crime.

No plenário, a discussão dos ministros foi de que tudo não passou de uma acalorada discussão entre ex-cônjuges, carregada de muita emoção. A tese foi defendida por Carlos Ayres Britto. O ministro Cezar Peluso não gostou da afirmação do colega. “Agora, vamos abrir precedente para que ex-maridos e ex-mulheres digam para os jornais o que quiserem, sem qualquer punição?”, questionou.

Peluso ficou vencido quanto ao crime de calúnia. O ministro Marco Aurélio ficou vencido quanto aos crimes de calúnia e injúria.

Inquérito 2.244

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 13 de setembro de 2007, 18h05

Comentários de leitores

4 comentários

concordo com o Murassawa.. eu ouvi dizer que es...

futuka (Consultor)

concordo com o Murassawa.. eu ouvi dizer que esta é uma senhora"perigosa"!

Sempre digo a meus amigos, para não casar e se ...

Murassawa (Advogado Autônomo)

Sempre digo a meus amigos, para não casar e se casar não separa e se separar manter sempre boas relações com a Ex-mulher e ex-namorada, pois, se brigar pode ter certeza vai perder, pois, não existe bicho mais traiçoeiro que mulher, veja os exemplos recentes, RENAN CALHEIRO, CARLOS ALBERTO (JOGADOR DE FUTEBOL), ROMARIO E TANTOS OUTROS.

"Comerciante de votos"...e sua "ex": Vale lemb...

Jurídica (Advogado Autônomo)

"Comerciante de votos"...e sua "ex": Vale lembrar, para quem não sabe: Masria Cristina Caldeira foi candidata a De. Federal pelo Partido Verde, mas vejam só coimo ela também é ética: Dou dinheiro para candidado ao Senado pelo PT, dado do TRE, mesmo havendo candidato ao Senado pelo PV. Precisa dizer mais? Não foi eleita.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 21/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.