Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mercado Jurídico

IOB mostra que advogado perde 60% de seu tempo em pesquisa

Por 

Pesquisa feita pela IOB revelou que 60% do tempo usado pelos advogados na atuação em um processo é gasto na busca de informações. Com esses dados em mãos, a empresa desenvolveu uma ferramenta que pretende ajudar na economia de tempo. O IOB Online Jurídico promete pesquisa rápida de jurisprudência, doutrina, legislação, práticas processuais e notícias em um só lugar, com atualização diária.

A ferramenta traz 100 mil normas consolidadas desde 1930, 5 mil doutrinas, 5 milhões de ementas jurisprudenciais abrangendo todos os tribunais e 1,5 mil íntegras de acórdãos. Quem quiser conferir o desempenho da ferramenta, pode fazer um teste.

Tendência

O Direito Esportivo é a nova aposta dos escritórios. Profissionais especializados são alvos de bancas que já criaram essa frente de atuação e das que ainda estudam a possibilidade. Os advogados que atuam no setor dizem que é um grande nicho, ainda pouco explorado, e que a cada dia oferece melhores oportunidades e recebe mais investimentos.

O escritório Bastos-Tigre, Coelho da Rocha e Lopes Advogados há pouco montou a sua equipe, coordenada pelo advogado André Megale, que tem o título de mestre concedido pelo Fifa Master. O departamento presta assessoria para investidores, fundos, federações e clube, no Direito de Imagem e de Arena e no licenciamento e merchandising.

Oscar do Seguro

O escritório Pellon & Associados Advocacia Empresarial foi considerado o “Destaque do Ano” em consultoria jurídica no setor de seguros pelo Clube Vida em Grupo do Rio de Janeiro, que faz a premiação há 31 anos. Os sócios-fundadores da banca são os advogados Luis Felipe Pellon e Sergio Barroso de Mello. A cerimônia de entrega do prêmio acontece no dia 25 de setembro, no salão nobre do Clube Monte Líbano, no Leblon.

Quadro de associados

Luiz Otávio P. Villela é o novo associado do escritório Villela e Kraemer. Ele chega para atuar na área de seguros, fusões e aquisições, projetos de financiamento, consultoria no mercado de capitais, garantias e projetos internacionais. O profissional é membro filial brasileira da Associação Internacional de Direito de Seguro e carrega experiência pela atuação em grandes escritórios como: Trench, Rossi e Watanabe Advogados, Baker & McKenzie LLP (Chicago) e Felsberg e Advogados Associados.

O Thiollier e Advogados também anuncia a chegada da advogada Lais Helena Teixeira de Salles Freire. Ela vai integrar a equipe de Ruben Fonseca e Silva, responsável pela área empresarial do escritório.

Novo campus

A Escola Paulista de Direito inaugurou o seu novo campus, no bairro da Liberdade, centro de São Paulo. O investimento em infra-estrutura e tecnologia para o novo prédio foi de R$ 8 milhões. A escola oferece pós-graduação em Direito Médico, Direito e Gestão Educacional e Direito internacional. Há ainda um programa de mestrado europeu em políticas e gestão governamental, em parceria com a Universidade Lusófona, de Lisboa.

Novas instalações

No seu aniversário de 60 anos, o Peixoto e Cury Advogados resolveu mudar de endereço. O escritório especializado em Direito Empresarial passa a atender no bairro do Paraíso, em São Paulo. A antiga sede, na região do centro, será agora uma unidade de suporte. A filial em Marília, no interior do estado, também prepara uma mudança de endereço.

Encontro internacional

O encontro anual da Ordem dos Advogados de Nova York acontece em Lima, no Peru, entre os dias 24 e 27 de setembro de 2007. O objetivo é a troca de idéias e estratégias sobre as práticas legais internacionais entre especialistas dos Estados Unidos e de outros países ao redor do mundo. O brasileiro Siqueira Castro é um dos patrocinadores do evento.

Os assuntos em destaque são arbitragem, mercado de capitais, propriedade intelectual, meio ambiente, petróleo e gás, mercado imobiliário e trabalho.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 13 de setembro de 2007, 9h43

Comentários de leitores

1 comentário

Nunca vi chamar pesquisa de perda de tempo! Ou...

allmirante (Advogado Autônomo)

Nunca vi chamar pesquisa de perda de tempo! Outra coisa: quanto mais pressa, mais rápido se chega na morte! Sorry.

Comentários encerrados em 21/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.