Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Fraudes bancárias

PF deflagra operação contra fraudes bancárias em três estados

A Polícia Federal, em operação conjunta com o Ministério Público Federal de Pernambuco, prendeu 26 pessoas durante a Operação Carranca de Tróia, deflagrada na manhã desta terça-feira (4/9), nos estados de Pernambuco, Ceará e Bahia. O objetivo é desarticular uma quadrilha de hackers e suspeitos de praticarem fraudes pela internet e por caixas eletrônicos em várias cidades nordestinas.

Até o momento, foram cumpridos 26 dos 30 mandados de prisão. Segundo as primeiras informações da Delegacia da PF em Juazeiro, na Bahia, 18 pessoas foram presas em Petrolina, no Sertão de Pernambuco.

A ação, que leva o nome inspirado nos “cavalos de Tróia” (tipos de vírus que infectam computadores e permitem que os hackers resgatem informações como números de contas e senhas), está sendo feita por cem policiais.

A quadrilha começou a ser investigada em abril deste ano. De acordo com informações da PF, o grupo enviava e-mails falsos para as vítimas, como se fossem de instituições bancárias ou oferecendo serviços fantasmas. Quando o e-mail era aberto, um cavalo de tróia era instalado no computador do usuário.

Assim, os hackers tinham acesso às informações pessoais. O dinheiro era desviado de vários bancos para as contas de pessoas que emprestavam suas contas correntes para o golpe. Das contas dos laranjas, o dinheiro era sacado ou usado para o pagamento de contas e impostos.

Além do roubo, a quadrilha é suspeita de desviar dinheiro. Segundo a Polícia, os integrantes do grupo exibiam um padrão de vida incompatível com a sua renda, esbanjando dinheiro na compra de veículos e imóveis, por exemplo.

A operação também apura a participação de policiais civis de Petrolina, que teriam recebido R$ 50 mil para permitir a fuga de integrantes do grupo, depois de mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual. O inquérito foi, em seguida, remetido para a Justiça Federal, que desencadeou a operação desta terça-feira.

Revista Consultor Jurídico, 4 de setembro de 2007, 11h25

Comentários de leitores

3 comentários

Envio o IP de todos emails recebidos com fraude...

Bira (Industrial)

Envio o IP de todos emails recebidos com fraudes ou virus a PF, mas a origem se dá nos programas de mala direta. Ou a PF acorda para este fato, ou tampará o sol com peneira.

A Policia Federal deveria se ocupar com a remes...

Habib Tamer Badião (Professor Universitário)

A Policia Federal deveria se ocupar com a remessa de armas e drogas que invadem as favelas do Rio e os bairros pobres das grandes metropoles e deixar os bancas se danares pois tudo que eles aparentemente tomam de prejuizo as seguradoras cobrem!!! Ladrão que rouba de ladrão tem 40 anos de perdão e como a máxima pena é de 30 anos tá todo mundo perdoado!!!

Avante PF! Avante MPF!

Armando do Prado (Professor)

Avante PF! Avante MPF!

Comentários encerrados em 12/09/2007.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.