Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Imposto de renda

Presidente Lula anuncia correção de 8% na tabela do IR

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a correção da tabela do Imposto de Renda em 8% e o reajuste do salário mínimo dos atuais R$ 300 para R$ 350 a partir de abril.

Segundo os cálculos do governo, o reajuste do mínimo e a correção da tabela do IR provocarão impacto de R$ 6,6 bilhões no orçamento. De acordo com o relator do orçamento, deputado Carlito Merss (PT-SC), será preciso remanejar R$ 700 milhões para cobrir o reajuste. As informações são da Agência Brasil.

Os estudos do Dieese — Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos indicam que é de 12,07% o aumento real do salário mínimo (descontando a inflação), com o reajuste de R$ 300 para R$ 350. O Dieese fez a projeção considerando a inflação de 4,1% no período entre 1º de maio de 2005 e 31 de março deste ano.

Ainda de acordo com as estimativas do Dieese, o salário mínimo passará a ter, em abril, poder de compra equivalente a 1,91 cestas básicas. Para o departamento, é a maior a relação entre as médias do salário mínimo anual e da cesta básica desde 1979.

Revista Consultor Jurídico, 24 de janeiro de 2006, 21h23

Comentários de leitores

1 comentário

Certamente é uma piada a afirmação da receita f...

JA Advogado (Advogado Autônomo)

Certamente é uma piada a afirmação da receita federal de que a correção da tabela do IR provocará uma "perda de receita" em 2006. É o mesmo que um fiscal qualquer dizer que terá perda de receita por ter que aumentar o salário mínimo da sua empregada doméstica de 300 para 350 reais. Simples correção monetária não é perda nem ganho para ninguém.

Comentários encerrados em 01/02/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.