Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crime ambiental

MPF do Paraná denuncia índios por extração ilegal de madeira

O Ministério Público Federal em Pato Branco (PR) denunciou quatro agricultores, entre eles três índios, por crime ambiental. Pedro Karpinski, e os índios da aldeia kainghang Alécio Alves de Oliveira, Altamis Alves de Oliveira e Isaac da Silva, são acusados de extrair madeira ilegalmente da Reserva Indígena de Mangueirinha e enviar para uma serraria em Coronel Vivida.

Os procuradores alegam que a extração de madeira causa dano irreversível ao patrimônio ecológico e à comunidade da reserva. Além disso, a floresta é considerada de preservação permanente, por integrar o patrimônio indígena, e os exemplares retirados de araucárias são espécie da mata nativa, ameaçada de extinção.

Revista Consultor Jurídico, 20 de janeiro de 2006, 13h31

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 28/01/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.