Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Trabalhos nos EUA

Metade dos empregados dos EUA já sofreu violência no trabalho

Metade dos empregados dos Estados Unidos já sofreu com algum tipo de violência no trabalho. Ao todo, são 47 milhões de pessoas violentadas. O dado está no Guia da Violência no Trabalho, que será publicado em fevereiro na América do Norte pela editora Sage. As informações são da Agência Fapesp.

De acordo com o estudo feito nos Estados Unidos, a maioria dos agressores não são os chefes. Um quarto das pessoas pesquisadas declarou que sofreu agressões de fornecedores e clientes. Outros 15% afirmaram que o constrangimento partiu de outros funcionários. Apenas 13% dos entrevistados acusaram seus supervisores ou chefes.

A violência física apareceu em menor proporção. Apenas 6% dos entrevistados afirmou ter sofrido agressão física.

Para Aaron Schat, professor da McMaster University, o estudo ajuda a derrubar alguns estereótipos. “Os trabalhadores indicaram o público em geral como a fonte mais significante das agressões.”

Revista Consultor Jurídico, 19 de janeiro de 2006, 15h33

Comentários de leitores

1 comentário

A Sensibilidade é o dom mais necessário ao mund...

Ana Só (Outros)

A Sensibilidade é o dom mais necessário ao mundo, hoje em dia. É a única qualidade humana capaz de deter a onda de violência no trabalho, esta que é a herança refinada do Holocausto.

Comentários encerrados em 27/01/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.