Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Convocação extraordinária

Procuradores apuram lesão por falta de deputados nas sessões

A Procuradoria da República no Distrito Federal instaurou procedimento administrativo para apurar eventual lesão ao patrimônio público pelo não comparecimento dos parlamentares na convocação extraordinário do Congresso.

Os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado, deputado Aldo Rebelo e senador Renan Calheiros, respectivamente, terão o prazo de cinco dias para repassar ao Ministério Público Federal todas as informações relativas à convocação.

Segundo os procuradores da República Eliana Pires Rocha e Luciano Sampaio Gomes, responsáveis pelo procedimento, a medida se tornou necessário depois das reportagens divulgadas pela imprensa relatando o grande número de deputados que não comparecem ao Congresso neste período.


Revista Consultor Jurídico, 13 de janeiro de 2006, 20h10

Comentários de leitores

1 comentário

Finalmente!!! Essa palhaçada tem que acabar o q...

Vaz (Outros)

Finalmente!!! Essa palhaçada tem que acabar o quanto antes. Enquanto o povão trabalha muito e ganha pouco, os "nossos representantes" trabalham pouco e ganham muito! Enquanto o povão que falta ao trabalho é dispensado das empresas, os "nossos representantes" gazeteadores se divertem nas praias, montanhas [vulgo: bases eleitorais] e recebem todas as benesses... Uma vergonha!!! E as férias de 90 dias? Quando terá fim este outro abuso?

Comentários encerrados em 21/01/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.