Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ar renovado

Tribunal de Justiça mineiro tem nova desembargadora

A desembargadora do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Cláudia Regina Guedes Maia, tomou posse nesta segunda-feira (28/8). Ela é filha do desembargador Ayrton Maia, "de quem herdou a vocação para a magistratura", segundo o presidente do TJ mineiro, Hugo Bengtsson.

“Corajosa, competente e preparada, Cláudia Maia foi vitoriosa em concursos públicos, tais como para advogado e procurador fiscal da Prefeitura de Belo Horizonte e para técnico judiciário e analista processual do TJMG”, ressaltou ele.

Ela foi aprovada em primeiro lugar no concurso público para o cargo de juiz de direito substituto, em 1989. À frente da comissão examinadora do concurso estava o então presidente do Tribunal, Argemiro Otaviano Andrade, também composta pelos desembargadores Lincoln Rocha, Costa Loures, Lúcio Urbano e Leonídio Doehler. Integravam ainda a comissão os professores, indicados pela OAB-MG, José Alfredo Baracho,

José Murilo Procópio e Marcelo Leonardo.

Em entrevista ao jornal da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), de junho de 1990, afirmou: "o juiz não é máquina de julgar, totalmente imune às questões sociais, mas a imparcialidade é fundamental, para que a aplicação da lei não seja distorcida".

Perfil

Natural de Juiz de Fora, Cláudia Maia formou-se em Direito pela UFMG em 1985. Especializou-se em Direito Empresarial pela Fundação Dom Cabral, da PUC Minas. Já atuou nas comarcas de Ibirité, Pará de Minas, Santa Luzia e Belo Horizonte. Foi juíza eleitoral e componente da Turma Recursal do Juizado Especial.

Revista Consultor Jurídico, 28 de agosto de 2006, 18h53

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 05/09/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.