Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Artur Falk

Superintendente-geral da Susep é acusado de acobertar Artur Falk

O Ministério Público Federal no Rio de Janeiro quer afastar o superintendente-geral René de Oliveira Garcia Júnior da Susep — Superintendência de Seguros Privados. Em ação de improbidade administrativa, o MPF o acusa de acobertar as tentativas de Artur Falk de tumultuar o andamento da liquidação extrajudicial da Interunion Capitalização, com a intenção de influenciar no julgamento da apelação criminal do empresário.

O caso foi analisado, no dia 12 de julho, pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região. Em 7 de julho, cinco dias antes do julgamento do processo criminal contra Artur Falk, ele destituiu da função de liquidante da Interunion Capitalização o servidor cedido pelo Banco Central Antonio Nóbrega Telles de Menezes, por discordar da sua posição, e nomeou outro liquidante, Renato Sobrosa Cordeiro.

A intenção, segundo o MPF, era criar uma falsa impressão de que a instituição financeira teria como arcar com todas as dívidas. Para isso, o empresário publicou no quadro geral que o ativo era suficiente para o pagamento integral dos credores inscritos, o que não era verdade, segundo o MPF.

Revista Consultor Jurídico, 7 de agosto de 2006, 16h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.