Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Lista de regras

Prova oral pode ser extinta em concursos do Ministério Público

A Secretaria-Geral do Conselho Nacional do Ministério Público recebeu projeto de resolução para estabelecer regras aos concursos. Um dos destaques da proposta é a proibição da exigência de prova oral.

O texto do projeto também prevê a proibição da participação nas comissões de concursos de membros que tenham, entre os candidatos inscritos, parentes consangüíneos, civis até o terceiro grau, bem como amigos íntimos ou inimigos.

O projeto de resolução prevê, ainda, que os candidatos terão direito de recorrer à Comissão de Concurso contra o resultado de qualquer uma das provas escritas, conteúdo das questões e classificação final. O projeto tem de esperar o prazo regimental de 15 dias para poder ser apreciado pelo Plenário.

A proposta foi elaborada pelo conselheiro Ricardo Mandarino. De acordo com ele, há “constantes reclamações de supostas irregularidades, por parte de integrantes do Ministério Público e de outros interessados acerca das diversas formas como são realizados os concursos públicos para ingresso na carreira do MP”.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2006, 7h00

Comentários de leitores

16 comentários

Não acho conveniente exterminar, expulsar, este...

André Zauza (Consultor)

Não acho conveniente exterminar, expulsar, este tipo de avaliação principalmente no trato desta carreira, ora, quem culpa ou age como fiscal da lei deve saber escrever e principalmente não deixar de ter labias já que se é influenciavel no poder de convencimento e da verdade. POr outro lado, tenho que é um modo exemplar de demonstrar se não por escrito, por fala o conhecimento do aluno. Consultor Financeiro, Esp.tributário,Esp.Adm, Esp.Dir Público contabel, mediador - magistratura Federal

Se aprovada, perfeita a extinção da prova oral,...

Sérgio (Contabilista)

Se aprovada, perfeita a extinção da prova oral, desnecessária e mera forma de favorecer os bem indicados. Nos cursos, quer sejam do MP ou da Magistratura, eventuais deficiências poderão ser corrigidas na disciplina de oratória onde os candidatos, se não aprovados, serão eliminados. Um bom treinamento supera em muito as falhas até hoje existentes, quando se permite o favorecimento dos bem situados.

justa iniciativa que, sem dúvida, deverá ser ad...

fernando (Advogado Associado a Escritório - Civil)

justa iniciativa que, sem dúvida, deverá ser adotada pela magistratura por normativo do CNJ. Só quem já passou por uma prova oral (ou melhor, não passou dela) sabe o quanto ela é injusta e tendenciosa a apadrinhados... O maior absurdo da prova oral é a atribuição de notas sem fundamentação pelo examinador.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.