Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ficha criminal

Acusados de vender sentenças e desviar dinheiro são presos

O ex-deputado estadual, José Carlos Gratz, e o ex-diretor da Assembléia Legislativa do Espírito Santo, André Luiz Cruz Nogueira, foram presos na manhã desta sexta-feira (4/8). Os dois são acusados de desvio de dinheiro público e venda de sentenças. As prisões foram decretadas pelo desembargador André Fontes, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região.

José Carlos Gratz e André Luiz Cruz Nogueira respondem Ação Penal por formação de quadrilha, corrupção ativa qualificada e peculato. No processo figuram como co-réus o juiz federal afastado Macário Ramos Judice Neto e Karla Khos, ex-deputada estadual pelo Espírito Santo.

A denúncia foi aceita pela Justiça em agosto de 2005. Segundo o Ministério Público, André Luiz Nogueira era o homem de confiança de José Carlos Gratz. Nogueira foi apontado como o principal responsável pela operação de diversos crimes relacionados ao desvio de recursos públicos e pelo contato pessoal de Carlos Gratz com o juiz federal.

Revista Consultor Jurídico, 4 de agosto de 2006, 17h45

Comentários de leitores

1 comentário

Que absurdo!daí os marcolas, os ataques em S. P...

Sebastião Clemente de Rezende (Advogado Autônomo)

Que absurdo!daí os marcolas, os ataques em S. Paulo, o desrespeito com as autoridades, a morte, por bandidos, do des.Melo Porto. O nosso pais precisa urgente de ser ensaboado com o sabão de marca "Vergonha na Cara". E falam agora, alguns homens públicos, junte-se a eles o Presidente, de uma nova constituinte. Eu até concordo, mas que ela tenha apenas dois artigos, fazendo minhas as palavras do mestre Capistrano: 1º- Que todo brasileiro tenha vergonha na cara. 2º- Revoguem-se as disposições em contrário.

Comentários encerrados em 12/08/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.