Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Contratação irregular

Juiz decreta quebra de sigilo do instituto ligado ao PT

Por 

JORGE THADEU CHAIA DE SAMPAIO – membro do Instituto Florestan Fernandes desde 18/07/2002 (fls. 48) e do SAMPA.ORG desde 25/04/2002 (fls. 72);

JUCIARA MÔNICA DINIZ – Estreitamente ligada ao Instituto Florestan Fernandes; seu nome, apresentado pela Fundação Getúlio Vargas em sua proposta técnica, decorreu de indicação do Instituto Florestan Fernandes, conforme revelado em suas declarações a fls. 741/744.

JUPIRA CAUHY – membro do Instituto Florestan Fernandes desde 02/06/2003 e integrante de seu conselho consultivo (fls. 48 e 53). Foi Coordenadora da Equipe de Planejamento de Campanha junto ao Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), no período de abril a dezembro de 2000, e junho a agosto de 2002. Gerente da Agenda Lula (Partido dos Trabalhadores – PT), no período de 05/07/98 a 04/10/98, conforme fls. 175/179 e 764/768. Foi chefe de Gabinete de Administração Regional, de agosto de 2001 a maio de 2002, dos Secretários Municipais Arlindo Chinaglia Júnior e Jilmar Augustinho Tatto, conforme fls. 755.

MARIA TERESA AUGUSTI – membro desde 27/7/99 e presidente do Instituto Florestan Fernandes (fls. 26 e 49). Conselheira do Sampa.Org, entidade criada em 25/04/2002, ligada ao IFF (fls. 72).

MÔNICA CARVALHO – membro do Instituto Florestan Fernandes desde 21/8/2003 (fls. 49).

AMIR ANTONIO KHAIR – membro do Instituto Florestan Fernandes desde 27/7/1999 (fls. 47). Anteriormente esteve lotado no Gabinete do então vereador José Eduardo Martins Cardozo, do Partido dos Trabalhadores (fls. 746).

STELA CRISTINA NAKAZATO Advogada de Aldaíza Sposati em ação popular proposta em 13/6/2000. Advogada de membros do Partido dos Trabalhadores pelo menos desde 2002 (José Genoíno, João Paulo Cunha, dentre outros), inclusive de Marta Teresa Suplicy, em campanhas eleitorais (PT) (fls. 790/797).

RENATA MARTINS DOMINGOS Advogada de Aldaíza Sposati em ação popular proposta em 24/8/98. Advogada de membros do Partido dos Trabalhadores pelo menos desde 24/8/1998 (José Genoíno, Devanir Ribeiro, José Mentor, João Paulo Cunha, Adriano Diogo, José Eduardo Martins Cardozo, dentre outros), inclusive de Marta Teresa Suplicy, em campanhas eleitorais (PT) (fls. 791/792, 794/801).

FERNANDO DE OLIVEIRA CAMARGO Advogado de membros do Partido dos Trabalhadores pelo menos desde 2002 (José Genoíno, João Paulo Cunha, dentre outros), inclusive de Marta Teresa Suplicy, em campanhas eleitorais (PT) (fls. 791/792, 794/798). Anteriormente esteve lotado no Gabinete do então vereador Devanir Ribeiro, do Partido dos Trabalhadores, no período de 05/01/99 a 31/12/2000 (fls. 746). A partir de 09/01/2001 a 01/04/2003, ocupou cargos de Assistente Técnico, Assessor Técnico e Coordenador junto ao Secretário Municipal de Habitação Luiz Paulo Teixeira Ferreira (Paulo Teixeira), conforme fls. 755.

 é repórter especial da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 27 de abril de 2006, 19h31

Comentários de leitores

1 comentário

Comenta-se que a triangulação de recursos é obr...

Bira (Industrial)

Comenta-se que a triangulação de recursos é obra classica comparada apenas as grandes mafias. A prova de tudo está nas mãos da receita federal. Movimentações de dinheiro sem origem sempre deixam um elo desconectado. Falta vontade de largar o pobre caseiro e ir direto na jugular do chefão.

Comentários encerrados em 05/05/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.