Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Vídeos da segurança

STF ajuda a identificar assaltantes de prestadora de serviços

O Supremo Tribunal Federal vai encaminhar à Polícia Civil do Distrito Federal cópia das fitas de vídeo do esquema de segurança do tribunal para ajudar na identificação de três homens que roubaram R$ 60 mil da sala de prepostos da empresa Dinâmica Administração, Serviços e Obras, que presta serviços ao STF.

O assalto foi registrado às 17h30 da tarde de segunda-feira (17/4), quando três homens entraram na sala onde seriam pagos os vales-transportes dos empregados terceirizados da Dinâmica. Dois dos assaltantes estavam armados e nenhum deles usava máscara. Ninguém foi agredido e somente bens pessoais foram roubados. Segundo a Coordenadoria de Segurança do STF, a empresa não comunicou que altos valores em dinheiro seriam pagos naquela data.

No relatório encaminhado à Secretaria de Administração do Supremo, o coordenador de Segurança, Aécio Furtado de Almeida, solicita que quantias em vales ou em dinheiro como a que foi roubada sejam pagas com o acompanhamento de uma empresa de transporte de valores, mediante comunicação prévia à Coordenadoria de Segurança.

O relatório esclarece que o caso está sob investigação da Polícia Civil e não da Polícia Federal, porque os bens roubados eram de propriedade particular e a sala estava sob guarda e controle da Dinâmica.

Revista Consultor Jurídico, 19 de abril de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 27/04/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.