Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Olho no olho

Bahia receberá visita de missão do CNJ em maio

Por 

Tudo pronto para a inspeção técnica que cinco membros do Conselho Nacional de Justiça farão no Judiciário da Bahia na primeira quinzena de maio. As queixas contra este Poder naquele estado são muitas, passando da crônica insuficiência de juízes e serventuários a deficiências estruturais e materiais de toda ordem.

A visita estava prevista para acontecer em abril, mas acabou adiada em função do pedido antecipado de aposentadoria do ministro Nelson Jobim, do Supremo Tribunal Federal. Estatutariamente, quem dirige o Supremo comanda também o CNJ.

Ellen Gracie, hoje a número um do Conselho, designou as cinco pessoas que farão o raio-x local. Além do corregedor-geral Antônio Pádua Ribeiro, que presidirá a delegação, irão à Bahia os conselheiros Ruth Carvalho, Alexandre de Moraes, Marcus Faver e Paulo Schmidt.

Já estão agendados encontros com o governador Paulo Souto, além de reuniões com os dirigentes da Assembléia Legislativa, do Tribunal de Justiça e entidades de classe, como a OAB — uma das vozes mais críticas em relação ao caos que se instalou no Judiciário baiano.

O clima de indignação é maior porque a desordem compromete o passado histórico. Afinal, foi na Bahia, na vila de São Vicente, que surgiu o primeiro Tribunal de Justiça do país, em 1532, exibindo estrutura que posteriormente seria comum em outros estados da federação.

 é jornalista.

Revista Consultor Jurídico, 15 de abril de 2006, 7h00

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 23/04/2006.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.